Ciclismo: Volta Alentejana roda no final do mês

Ciclismo: Volta Alentejana roda no final do mês
A 32ª Volta ao Alentejo em Bicicleta Liberty Seguros realiza-se este mês de março entre os dias 26 e 30. São quase 900 quilómetros de competição que se começam a traçar em Castelo de Vide sendo o vencedor coroado, ao fim de cinco etapas, em pleno centro histórico de Évora.
A “Alentejana”, como é intitulada e acarinhada pelas suas gentes, é uma organização conjunta da CIMAC - Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e a Podium.
 
5 Dias 5 Etapas
 
O pelotão de 18 equipas começa por se juntar na vila de Castelo de Vide na quarta-feira, dia 26, de onde partirá às 11h20 em direção a Marvão. Esta primeira etapa, a mais curta, com 167 quilómetros passará por Crato, Monforte e Degolados, pontos estratégicos com as três metas volantes do dia. Em Monte Paleiros, a cerca de 12 quilómetros para a chegada, haverá uma primeira contagem para o prémio de montanha. A chegada a Marvão, ao jeito dos trepadores, coincidirá com um prémio de 2ª categoria e deverá acontecer por volta das 15h40.
 
O Complexo Desportivo de Sousel será palco de partida para a segunda etapa que vai acontecer às 10h30. O percurso, quase 193 quilómetros será pontuado pelas metas volantes em Estremoz, Vila Viçosa e Alcaçovas antes de ser concluído em Montemor-o-Novo, por volta das 15h30. Esta chegada inédita junto ao castelo servirá também para classificar os melhores trepadores que terão aí uma contagem de 4ª categoria.
 
No terceiro dia de prova realiza-se a tirada mais longa desta edição da “Alentejana” que vai ultrapassar as duas centenas de quilómetros. A concentração para esta longa tirada começa junto à Câmara Municipal de Redondo onde a etapa começa às 10h35. As metas volantes estarão instaladas em Reguengos de Monsaraz, Serpa e Mértola. A passagem por Mértola, onde vai terminar o dia de corrida às 16 horas, acontece a cerca de 50 quilómetros da meta instalada junto aos Bombeiros Voluntários.
 
Depois de deixar a zona fronteiriça, a 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros ruma para o litoral. No sábado a caravana concentra-se junto ao rio Mira, na vila de Odemira, de onde vai sair para percorrer quase 160 quilómetros até Santiago do Cacém. A partida da quarta etapa está marcada para as 11h35 e após uma incursão na costa alentejana, a competição estará de regresso a Odemira onde está instalada uma meta volante ao quilómetro 55,7. Quando faltarem pouco mais de 35 quilómetros para a chegada, o pelotão fará a primeira abordagem a Santiago do Cacém quando aí acontecer a segunda meta volante. A escassos 11 quilómetros do fim, a passagem por Vila Nova de Santo André representará o ultimo ponto intermédio de bonificação. A meta final, instalada junto ao Pavilhão Desportivo de Santiago do Cacém será abordada cerca das 15h40.
 
O derradeiro dia de competição, domingo, 30 de março, começa em Alcácer do Sal junto ao tribunal. Quando a partida for dada às 11h15 faltarão quase 173 quilómetros para se conhecer o vencedor da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros.
As metas volantes de Vendas Novas, Pavia e Arraiolos e o prémio de montanha de 4ª categoria, às portas de Montemor-o-Novo, são pontos “quentes” de uma jornada que termina em festa no centro histórico de Évora, em plena Praça do Giraldo, que não recebia a visita da “Alentejana” desde 2010.
 
Muito está em jogo durante cinco dias de competição, por exemplo as quatro “Camisolas” símbolos de liderança. A maior distinção de todas, a Camisola Amarela Liberty Seguros para o líder da classificação geral, a Camisola Verde Crédito Agrícola dos pontos que será vestida pelo homem mais regular, a Camisola Castanha Delta Cafés que irá premiar o melhor trepador de todos, o chamado Rei da Montanha e por fim a Camisola Branca RTP, envergada pelo melhor jovem classificado na 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros!
 
Que se quebre a tradição!
Ao comemorar 32 anos, a Volta Ao Alentejo Liberty Seguros já conta muitos quilómetros percorridos e muitas histórias … muitas não estão sequer guardadas nos arquivos dos jornais ou nas imagens de televisão e a rádio nunca as relatou. São histórias de quem vive esta prova de perto e aproveita estes dias para um alegre e desportivo convívio numa região que tão bem sabe receber os forasteiros.
Prova que se preze, e carismática como esta, tem tradições, mais ou menos, difíceis de quebrar! A maior de todas, a curiosidade de nenhum corredor ter conseguido até hoje “enganar” a “Alentejana”, ou seja, nenhum atleta, português ou estrangeiro, ganhou duas vezes a competição. Outro dado: a última vez que um português venceu a Volta ao Alentejo foi em 2006 quando Sérgio Ribeiro levou a camisola amarela para casa.
Com o regresso à estrada da Volta ao Alentejo Liberty Seguros regressam também as emoções do ciclismo! Bicicletas na estrada, garra nos pedais… a última palavra é dos corredores! Haja festa!!!
 
Últimos Vencedores
2013 - Jasper Stuyven (Bontrager Cycling Team) 
2012 - Alexey Kunshin (Lokosphinx)
2011 - Evaldas Siskevicius (Pomme Marseille)
2010 - David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira)
2009 - Maxime Bouet (Agritubel)
2008 - Hector Guerra (Liberty Seguros)
2007 - Manuel Vázquez (Andalucia Cajasur)
2006 – Sérgio Ribeiro (Barbot-Halcon)
 
Resumo Etapas
1ª Etapa - 26.03.2014 - Partida Simbólica: 11h20 - Castelo de Vide / Marvão - 167km 
2ª Etapa - 27.03.2014 - Partida Simbólica: 10h30 - Sousel / Montemor-o-Novo - 192,7km
3ª Etapa - 28.03.2014 - Partida Simbólica: 10h35 - Redondo / Mértola - 205km
4ª Etapa - 29.03.2014 - Partida Simbólica: 11h35 - Odemira / Santiago do Cacém - 159,2km
5ª Etapa - 30.03.2014 - Partida Simbólica: 11h15 - Alcácer do Sal / Évora - 172,9km