Utentes dos transportes públicos vão poder pagar bilhetes através do telemóvel

Utentes dos transportes públicos vão poder pagar bilhetes através do telemóvel
Os utentes dos transportes públicos da área metropolitana de Lisboa vão poder pagar os bilhetes e viajar através de uma aplicação de telemóvel, prevendo-se que o serviço esteja disponível no final do ano, foi hoje anunciado.
   
"Esta aplicação é mais um passo em frente no caminho da desmaterialização e descarbonização do sistema de transportes. A ideia é que seja possível - dando passos seguros e através de tecnologia nacional -, aos utentes a possibilidade de escolher o modo mais adequado, escolhendo o sistema de tarifário, o sistema de pagamento que seja verdadeiramente desmaterializado", disse José Mendes, secretário de Estado Adjunto do Ambiente.
 
Na cerimónia de apresentação da aplicação, que está a ser desenvolvida pela empresa portuguesa Nova Base, e que decorreu no Museu da Carris, em Lisboa, José Mendes acrescentou que esta aplicação irá permitir atrair mais utentes para os transportes públicos.
 
"Há um conjunto de 'drivers' que permitirão atrair mais utentes para o transporte coletivo, de forma a que este não seja uma segunda escolha, mas sim a primeira (...). O passo que aqui se deu hoje, esta a prova de conceito de pagamento desmaterializado através da Via Verde, de tecnologia nacional, é mais uma pedrinha neste edifício que pretende atrair mais utentes para os transportes públicos", frisou o governante.
 
A aplicação Via Verde Transportes fica instalada no telemóvel do utilizador, sendo debitado o preço do bilhete da viagem por si realizada na Carris, Metro ou Transtejo, via 'bluetooth'.