Um 'Marque' para a história da Volta a Portugal

Um 'Marque' para a história da Volta a Portugal

O espanhol Alejandro Marque (OFM/Quinta da Lixa) confirmou, este domingo, em Viseu, a vitória na 75ª Volta a Portugal Liberty Seguros, como já se anunciava de véspera, depois de ser o melhor no contrarrelógio da penúltima tirada.

A 10ª e derradeira etapa de 130 quilómetros, com partida e chegada a Viseu, foi discutida acaloradamente com um longo sprint na Avenida da Europa ganho pelo norte-americano Jacob Keough (UnitedHealthcare).

Márcio Barbosa (LA Alumínios/Antarte) já tinha assegurado na etapa da Torre o título de “Rei da Montanha” e a respetiva Camisola Azul PODIUM.

O melhor jovem foi o cazaque Vladislav Gorbunov (Astana) que nos últimos dias andou sempre com a Camisola Branca RTP.

 

E depois da Volta…o Futuro

Terminada a “Grandíssima”, como é conhecida no pelotão internacional a corrida portuguesa, a Podium, empresa de organização de eventos e responsável pela Volta a Portugal prepara-se já para meter na estrada a 21ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros. A prova, a principal competição da categoria Sub 23 realiza-se entre 4 e 8 de setembro com cinco etapas num total de 623,3 Km percorridos entre Oliveira do Bairro e o Parque Eólico da Carvoeira, em Torres Vedras. Paralelamente a esta competição realiza-se também a Volta a Portugal de Juniores, cujas datas e locais de chegada coincidem nos últimos três dias. Será a oitava edição da Volta para corredores de 17 e 18 anos agendada de 6 a 8 de setembro no âmbito de um protocolo entre a Podium e a Federação Portuguesa de Ciclismo.