Um dia de Verão nos jardins da Amadora

Um dia de Verão  nos jardins da Amadora

Neste Verão, para fugir às longas filas de trânsito, típicas nas idas à praia, o JR propõe uma visita a um dos grandes parques que a Amadora dispõe. Todos com características diferentes, onde os equipamentos de lazer marcam a diferença. Possibilitam uma tarde bem passada, seja para os mais pequenos, seja para os graúdos. E, em todos estes espaços, é possível levar um lanche e fazer um piquenique.
O Parque Central que, como o nome indica, fica situado no centro da Amadora, bem servido de transportes, tem um variado leque de equipamentos onde se pode passar uma tarde ou até um dia inteiro. Com um lago, que funciona como principal atracção, que pode ser desfrutado pela população, através de passeios de gaivotas em forma de Cisne.
Os visitantes mais jovens são convidados a interagir com os adultos nos vários espaços. Numa das zonas foi criado um parque infantil em forma de “Estação Espacial”, composto por um foguetão com túneis, escorregas e paredes para trepar.
Situado entre Queluz (Sintra) e o bairro de Janeiro, na Venteira, o parque “Ilha Mágica do Lido” torna-se uma zona perfeita para quem gosta de desportos mais radicais. Uma pista para skates e bicicletas, para a realização de campeonatos nacionais e internacionais, e um circuito de manutenção integram o espaço. Para os adultos, são propostas diversas zonas de estadia e repouso ao longo do parque, equipadas com bancos, e uma área equipada com mesas e bancos para os mais idosos. Mas o equipamento mais procurado desta área de lazer é o lago. No seu centro está uma ilha com um mastro central, possível de trepar.
A Ribeira da Falagueira corre em toda a extensão do Parque Aventura, situado junto à Rotunda dos Bombeiros Voluntários. Os desportos aventura são o tema do Parque, que inclui diversos equipamentos, nomeadamente uma ludoteca, um circuito de minigolfe, uma escola de trânsito para as crianças e diversos parques infantis de grandes dimensões, com torres com escorregas, torres para trepar, molas e baloiços. Há ainda diversas zonas de estadia, fontes e cascatas.