Último dia do 'mercado' de inverno muito ativo, mas sem nomes sonantes

Último dia do 'mercado' de inverno muito ativo, mas sem nomes sonantes
O último dia do mercado de transferências de inverno ficou marcado pela ausência de nomes sonantes para o futebol português, sendo o destaque a saída do francês Imbula para os ingleses do Stoke City.
 
Numa altura em que a luta pelo título em Portugal está entregue aos habituais três 'grandes' e que, com praticamente toda a segunda volta por disputar, são apenas cinco os pontos que os separam, aquelas formações parecem estar satisfeitas com os plantéis que as compõem.
 
Terceiro no campeonato a cinco pontos do comandante Sporting, o FC Porto destacou-se pela venda do médio francês Imbula aos ingleses do Stoke City por 24 milhões de euros, depois de no verão passado ter contratado o jogador aos franceses do Marselha por 20 milhões.
 
Além do negócio a envolver Imbula, o FC Porto apenas confirmou a contratação do tunisino Haykeul Chikhaoui, um jovem médio de 19 anos que estava em final de contrato com os franceses do Sochaux, e do norte-americano Erik Palmer-Brown e do argelino Nassim Zitouni, reforços para e equipa B.
 
Líder da prova com dois pontos de vantagem para o segundo, o campeão em título Benfica, o Sporting também aproveitou o dia para colocar vários jogadores, salientando-se o negócio entre os 'leões' e os chineses do Tianjin Teda.
 
O Sporting acertou com a equipa chinesa a venda do avançado colombiano Freddy Montero por cinco milhões de euros, ficando ainda com 20 por cento do seu passe, e foi buscar à equipa chinesa outro avançado, o argentino Hernán Barcos, que assinou um contrato válido por uma época e meia, mais duas de opção.
 
Além de Barcos, os 'leões' inscreveram ainda o defesa-central uruguaio Sebastien Coates, que foi contratado ao Sunderland até final da época e já tinha sido anunciado anteriormente, e Tomas Rukas, um jovem defesa-central de 19 anos, que alinhava na União de Leiria.
 
O Benfica, que esteve mais ativo a colocar jogadores do que a contratar, ainda inscreveu neste último dia o jovem avançado sérvio Luka Jovic, de 20 anos, num dia em que aproveitou ainda para anunciar a renovação, por mais um ano, do vínculo com o médio Ljubomir Fejsa, igualmente sérvio, que prolongou até junho de 2019.
 
Enquanto os 'grandes' se mostraram comedidos nas contratações, o Belenenses oficializou como reforço o médio internacional colombiano Abel Aguilar, que assinou até final da época com o clube da I Liga portuguesa.
 
Aguilar, de 31 anos, chega ao Restelo proveniente do Toulouse, no qual estava desde 2013, sendo que esta época não realizou qualquer partida pela primeira equipa, após ter sido relegado para as reservas no final da temporada passada.
 
O experiente médio, que contabiliza 57 internacionalizações pela seleção da Colômbia e que representou clubes como Deportivo de Cali, Udinese, de Itália, e Saragoça e Deportivo da Corunha, em Espanha, foi o sexto reforço do Belenenses neste ‘mercado’ de inverno, juntando-se a Rafael Amorim, Tiago Almeida, Juanto Ortuño, Bakic e Lucas Pugh.
 
O Vitória de Guimarães também esteve muito ativo e inscreveu diversos jogadores para atacar a segunda metade do campeonato luso, com realce para o extremo brasileiro Victor Andrade, para o médio João Teixeira, ambos por empréstimo do Benfica.
 
A equipa vimaranense inscreveu ainda o jovem defesa-central Ricardo Carvalho, o médio espanhol Oriol Rosell, os extremos brasileiro Francis e peruano Hurtado e o avançado brasileiro Rafinha, um jovem de 19 anos, que vem do Avaí, do Brasil.
 
No fecho das inscrições realce para o Vitória de Setúbal, formação que na última atualização da Liga inscreveu nove jogadores, cinco dos quais contratos de formação da equipa sadina.
 
Das restantes equipas que estiveram ativas neste último dia, destaque para o Estoril-Praia, que inscreveu os brasileiros Pedro Botelho, por empréstimo do Atlético Paranaense, e Dankler Pedreira, que assinou um contrato válido por três temporadas e meia.
 
O clube do concelho de Cascais confirmou a chegada do defesa-esquerdo Pedro Botelho, que foi cedido até ao final da temporada, e do central Dankler Pedreira, que estava sem clube, juntando-se os dois aos compatriotas Michael, Felipe Augusto, Marion e Lucas Farias, aumentando para seis o número de reforços dos ‘canarinhos’ neste período de transferências.
 
Também o Rio Ave anunciou uma contratação sonante neste último dia do ‘mercado’, revelando ter chegado a acordo com o avançado internacional português Hélder Postiga, que assinou um compromisso válido até ao final da temporada com o emblema vila-condense.
 
O jogador, de 33 anos, cujo último desafio profissional aconteceu na Índia, onde alinhou alguns meses pelo Atlético de Calcutá, vai pela primeira vez envergar o emblema da sua terra natal, depois de ter representado clubes como FC Porto, Tottenham, Saint-Étienne, Panathinaikos, Sporting, Saragoça, Valência, Lazio e Deportivo da Corunha