Tudo a postos para o Rock in Rio

Tudo a postos para o Rock in Rio

A realização do festival Rock in Rio em Lisboa implicará um plano de segurança e de trânsito com algumas centenas de agentes, mas será um dispositivo discreto, disse hoje o subintendente da PSP Lopes Martins.

"Temos preparado um dispositivo que se pretende mais 'low profile', isto é, com grande visibilidade no exterior e diminuindo essa visibilidade no interior" do Parque da Bela Vista, afirmou o comandante da segunda divisão da PSP de Lisboa.

O festival decorrerá na sexta-feira e no sábado e entre os dias 1 e 3 de Junho no Parque da Bela Vista.

Hoje, numa conferência de imprensa em Lisboa, o subintendente não especificou quantos agentes estarão destacados nos cinco dias do festival, referindo apenas que serão algumas centenas, menos de um milhar.

No interior do parque da Bela Vista haverá videovigilância e agentes de segurança pública e privada, alguns à civil.

Prevendo a afluência de milhares de espectadores, nos dias do festival, nas imediações do recinto estarão condicionadas ao trânsito as avenidas Gago Coutinho, José Régio, Salgado Zenha, Avelino Teixeira da Mota e Marechal Spínola.

"O ideal é que não tragam os veículos para a 'cidade do Rock', venham em transportes públicos", disse o subintendente Lopes Martins.

A organização fez uma parceria com as principais empresas transportadoras – Carris, CP, Metropolitano de Lisboa, Transtejo e táxis, que terão horários prolongados.

Por exemplo, o metropolitano terá serviços especiais até às 03:30 e a Carris disponibilizará vários serviços especiais com partida, junto do Pórtico da "cidade do Rock" até às 05:00, uma hora depois do fecho de portas.

A CP vai disponibilizar, após o final do evento, dois comboios especiais nas linhas de Sintra e de Cascais.

Por causa das alterações de trânsito e da presença de veículos, a organização irá oferecer bilhetes para o dia 1 de Junho a alguns moradores dos bairros vizinhos.

No recinto estará um sistema de emergência médica com um centro médico, um posto de saúde, seis equipas móveis e três ambulâncias em permanência.