Tubo com 200 metros dá à costa nas praias de Sintra

Tubo com 200 metros dá à costa nas praias de Sintra

Uma tubagem com cerca de 200 metros de comprimento invadiu, esta manhã, a praia das Maçãs, em Sintra. Fonte da autoridade marítima adiantou, entretanto, à agência Lusa que o tubo pertence a uma piscicultura da zona de Mira, distrito de Coimbra.

O alerta, segundo declarações do presidente da Junta de Freguesia de Colares, Rui Santos, à TSF foi dado pela população cerca das 11h00, altura em que foi avistado no areal da praia das Maçãs, em Sintra, um tubo com cerca de 200 metros e dois de diâmetro, em material plástico (PVC).

Entretanto, o comandante da capitania do porto de Cascais, Dario Moreira, disse “tratar-se de uma peça de uma piscicultura sediada em Mira”, no distrito de Coimbra, que “se soltou da unidade piscícola devido à agitação marítima”.

“Não há risco de poluição e, por estar junto da costa, também não representa perigo para o tráfego marítimo”, descansou Dario Moreira.

A Proteção Civil de Sintra e a Polícia Marítima deslocaram-se ao local mas a ondulação está a impedir a retirada do tubo.

Porém, as autoridades vão acompanhar o percurso do tubo até que estejam reunidas as condições para o recuperar por via terrestre ou marítima.

Foto: Cortesia de Paula Mateus