Tripulantes de embarcação de pesca em perigo resgatados na Costa da Caparica

Tripulantes de embarcação de pesca em perigo resgatados na Costa da Caparica

A Polícia Marítima resgatou na manhã de quarta-feira (dia 9) três tripulantes de uma embarcação de pesca que estava a afundar na Costa de Caparica, em Almada, que não necessitaram de assistência médica.

O alerta foi recebido cerca das 10:50, devido ao facto da embarcação de pesca "João e Joana" estar a afundar, tendo sido enviado para o local uma embarcação salva-vidas do Instituto de Socorros a Náufragos e uma lancha da Polícia Marítima.

"Foi ainda deslocado para o local uma embarcação de pesca que se encontrava nas imediações e que procedeu ao resgate dos tripulantes, que não precisaram de assistência médica", refere a Polícia Marítima.

O comunicado refere ainda que no local do naufrágio não se registaram focos de poluição e neste momento efetua-se o reboque da embarcação para a Cova do Vapor.

Os três tripulantes, que desembarcaram na doca de pesca de Pedrouços, e devem ser ouvidos ainda hoje à tarde pela capitania do porto de Lisboa sobre as circunstâncias que terão estado na origem do naufrágio.

A capitania do porto de Lisboa ainda tentou rebocar a embarcação de pesca, registada em Setúbal, que já se encontrava parcialmente submersa, mas o cabo de reboque partiu-se.

De acordo com o adjunto da capitania de Lisboa,Cruz Gomes, será necessário proceder à passagem de novos cabos de reboque, com a ajuda de mergulhadores, mas esta operação está dependente das condições de maré.

Cruz Gomes garantiu ainda que a embarcação naufragada entre o Bugio e a Cova do Vapor não constitui perigo de maior para a navegação marítima, mas está devidamente sinalizada.