Trânsito no IC19 volta a estar cortado na noite de quinta para sexta

Trânsito no IC19 volta a estar cortado na noite de quinta para sexta
O trânsito no IC19 vai voltar a estar cortado esta semana, entre a Segunda Circular e o nó da Amadora, em ambos os sentidos, na noite de quinta para sexta-feira, alertou hoje a Infraestruturas de Portugal.
   
Após o corte registado entre a noite de segunda-feira (a partir das 22:00) e a madrugada de hoje (até às 06:00), o Itinerário Complementar (IC) 19, que liga Lisboa e Sintra (passando pela Amadora) vai voltar a fechar ao trânsito, devido ao prolongamento dos trabalhos finais de construção da nova passagem pedonal em Alfragide (Amadora).
 
"Não foi possível a conclusão destes trabalhos dentro do horário estipulado", disse, em comunicado, a Infraestruturas de Portugal, explicando que, de modo a não afetar a circulação automóvel no IC19 durante a manhã de hoje, entendeu-se ser "mais conveniente realizar nova interrupção do trânsito".
 
Neste sentido, o novo corte vai decorrer a partir das 22:00 de quinta-feira até às 06:00 de sexta-feira, no troço entre a avenida Eusébio da Silva Ferreira (extremo oeste da Segunda Circular) e o nó da Amadora, em ambos os sentidos.
 
Como percurso alternativo para quem sai de Lisboa em direção a Sintra, a empresa Infraestruturas de Portugal sugeriu a saída no nó IC17/CRIL (Buraca) no sentido Algés/A5 Cascais, seguida de saída para a zona comercial de Alfragide e entrada no IC19 no nó da Amadora.
 
Já para quem sai de Sintra em direção a Lisboa, o percurso alternativo é a saída para Alfragide/Buraca/EMFA, voltando a entrar pela rotunda do EMFA - Estado Maior da Força Aérea.
 
"Estes desvios estarão devidamente sinalizados nas intersecções ao longo dos respetivos percursos", garantiu a empresa.
 
Já em setembro o IC19 tinha sido fechado ao trânsito pelo mesmo motivo - a obra de construção de uma nova passagem pedonal sobre este itinerário complementar - entre as freguesias da Damaia e Alfragide, infraestrutura que "deverá abrir à circulação de peões a partir do próximo sábado".
 
O IC19 já foi considerado um dos troços portugueses mais perigosos, segundo os relatórios da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. No entanto, no último relatório sobre sinistralidade, referente a 2015, o IC19 não aparece na lista dos pontos negros (com mais acidentes).