Trafaria sai à rua sábado contra terminal de contentores

Trafaria sai à rua sábado contra terminal de contentores

A Trafaria, no próximo sábado, dia 13 de julho, vai vestir-se de azul, amarelo, branco ou preto. Tantos quanto o número de pessoas que envergarem camisolas com estas cores, e participarem no cordão humano contra a construção de um terminal de contentores na localidade.

Trata-se da iniciativa “Abraçar a Trafaria”, promovida conjuntamente pela “Associação Contentores na Trafaria NÃO” e órgãos do poder local.

Às 11 horas, a presidente da Câmara de Almada, o presidente da Assembleia Municipal e os presidentes das juntas de freguesia do concelho, vão estar com a população na rua para afirmar a “salvaguarda dos valores culturais, patrimoniais e humanos”, refere a organização.

“Num momento em que se tomaram e preparam decisões que ofendem a identidade desta bela vila, a extinção da Freguesia, o encerramento de serviços e a instalação de um mega terminal de contentores, todos juntos somos muitos na defesa desta pitoresca localidade”, refere o comunicado que convida à concentração frente ao edifício da Junta de Freguesia, na Av. da Liberdade.

Construir na Trafaria um terminal de contentores está nos planos do actual Governo mas, assim que foi anunciado, contou com a imediata contestação de autarcas e população que alegam que esta mega infra-estrutura “trará elevados danos ambientais”, através da “deslocação de areias, destruição das praias e ainda a construção de uma via-férrea”.

Para além das questões ambientais, consideram que este projecto contraria “a estratégia de desenvolvimento escolhida para a Trafaria, que aposta no turismo e na pesca artesanal”.