Trabalhos de recuperação do Palácio de Monserrate terminam em maio

Trabalhos de recuperação do Palácio de Monserrate terminam em maio
O projeto global de restauro do Palácio de Monserrate, em Sintra, deverá estar concluído em maio com uma última intervenção na sala de estar indiana, que representa um investimento de cerca de 35 mil euros, anunciou a Parques de Sintra - Monte da Lua.
 
A recuperação da sala de estar indiana começou no início de fevereiro, tratando-se do “último grande espaço do percurso de visita [ao Palácio de Monserrate] que ainda não tinha sofrido intervenções profundas”, referiu, em comunicado, a empresa pública Parques de Sintra - Monte da Lua, responsável por gerir o património com valor natural e cultural situado na zona da Paisagem Cultural de Sintra.
 
Integrada no projeto global de restauro do Palácio de Monserrate, esta última intervenção visa “reconstituir e estabilizar todos os materiais presentes no espaço, permitindo a devolução da sua unidade estética”, informou a empresa.
A sala de estar indiana do Palácio de Monserrate apresenta “problemas semelhantes aos verificados nos restantes espaços já intervencionados, como a sobreposição de camadas de tinta ou as degradações provenientes dos sucessivos anos sem manutenção”.
 
A intervenção vai incluir todas as estruturas integradas, nomeadamente a reconstituição do teto, a remoção das várias camadas de tinta, a definição final das cores a utilizar e a reparação de frisos e apontamentos de alguns elementos revestidos a folha metálica, da moldura em madeira dourada do espelho, da lareira em mármore e do pavimento em madeira.
 
Desde a sua constituição em 2000, a Parques de Sintra – Monte da Lua, “investiu 2,2 milhões de euros no restauro do Palácio de Monserrate”, esclareceu à Lusa fonte da empresa.