Três detidos em Algés por furto de cobre em obra fictícia

Três detidos em Algés por furto de cobre em obra fictícia

 

Três homens foram detidos em Algés (Oeiras) por se terem disfarçado de funcionários de uma empresa de construção civil, numa obra fictícia, para roubar 200 metros de cobre, avaliados em onze mil euros, anunciou hoje a PSP.
De acordo com o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, os homens de 34, 38 e 46 anos foram detidos no sábado, às 08:00, na rua Parque Anjos, em Algés, onde se faziam passar por funcionários da "CME" ao serviço da Portugal Telecom (PT).
Um dos homens envergava um colete azul com as inscrições da empresa de construção civil.
Segundo a Polícia, os suspeitos utilizaram cones de sinalização para fechar a rua e utilizaram duas viaturas de apoio, com logotipos da PT Comunicações.
A PSP apreendeu 200 metros em cobre, as viaturas, uma bomba de tirar água, um ajustador de corrente em metal, um tubo para tirar água, duas lâminas de corte de metal, uma roldana em metal, dois machados, três chaves de caixa TLP, uma corrente e sete pinos de sinalização.
Fonte da PSP adiantou à agência Lusa que os detidos não têm antecedentes criminais, sendo que dois são portugueses e o outro é estrangeiro.
Já foram presentes a tribunal, que aplicou a medida de coação de apresentações semanais nas esquadras das suas áreas de residência.