Toyota e Galp Energia revelam resultados de testes ao Prius Plug-in

Toyota e Galp Energia revelam resultados de testes ao Prius Plug-in

Depois de 36 meses com mais de 210.000 km percorridos, a Toyota Caetano Portugal e a Galp Energia apresentaram os resultados dos testes à mobilidade efectuados com cinco viaturas 'concept' Toyota Prius Plug-in. Dos resultados alcançados e que se estenderam por todo o Mundo foram registados vários contributos para melhorar o modelo híbrido eléctrico da Toyota, em comercialização desde o passado mês de Setembro.

Três dos cinco Prius Plug-in Concept foram entregues a colaboradores da Galp Energia, localizados nas áreas da Grande Lisboa, Porto e Sines, previamente seleccionados mediante uma avaliação do seu padrão de mobilidade, contribuindo com cenários distintos de mobilidade – condução urbana, mista e extra-urbana.

Perfil dos Utilizadores:

Tipo 1: movimentos pendulares inferiores a 10 km, com origem e destino no concelho de Matosinhos;

Tipo 2: movimentos pendulares entre 10 e 20 km, com origem e destino nos concelhos de Santiago do Cacém e Sines;

Tipo 3: movimentos pendulares entre 20 e 40 km, com origem e destino nos concelhos de Oeiras e Lisboa.

 

O contributo destes três utilizadores foi complementado com a utilização intensiva e alargada dos restantes dois automóveis que, cumprindo um plano de teste e de demonstração com vários parceiros e organizações, permitiram totalizar mais de 210.000Km percorridos nas estradas do Continente e Ilhas até Outubro 2012.

Ao todo, foram registados 158 ensaios com parceiros institucionais, mais de 20 ensaios de grupo, e com a apresentação do conceito híbrido eléctrico Plug-in em mais de 20 eventos.

23 contributos nacionais para 10 melhorias no Prius Plug-in

 

Das ideias mais simples, como iluminar o ponto de carregamento do carro, até às propostas mais desafiantes, como possibilitar ao condutor controlar a condução em modo eléctrico ou híbrido, foram registados 23 contributos nacionais que foram remetidos para a I&D da Toyota, e que, juntamente com os dados submetidos pelos restantes países que integraram este teste mundial, foi possível desenvolver e melhorar o Prius Plug-in que agora se apresenta ao mercado.

Entre a versão Concept de 2010 e o Prius Plug-in 2012, que agora entra em comercialização, as diferenças são significativas, destacando-se as seguintes resultantes do teste mundial:

Baterias de lítio mais compactas Controlo de temperatura de bancos, permitindo maior eficiência de energia Mais 5Km de autonomia em modo elétrico, para um total de 25Km Menos 10 g/Km CO2, agora com apenas 49 g/Km CO2 Botão EV/Híbrido para controlo da energia Nova localização do ponto de carga e com iluminação Cabo mais leve e ergonómico Agenda de carregamento Pesa menos 110Kg

Prova de mobilidade sustentável superada

Procurando ir para além da ampla análise do resultado do teste mundial desenvolvido pela Toyota, em Portugal este programa de ensaios desenvolveu com o IST um modelo próprio, onde foram monitorizados os dados de mais de 130.000Km percorridos pelas 3 viaturas dos utilizadores Galp Energia. Daqui, foi possível registar que as viagens superiores a 5Km de distância representaram menos de 5%, tendo sido registado consumos reais de combustível entre 3 e 3,5 litros.

Em acréscimo, a análise do padrão de condução dos utilizadores com o Prius Plug-in (antes e depois) permitiu comprovar que a tecnologia híbrida induz a uma condução menos agressiva, logo mais eficiente.

Quanto ao impacto ambiental e dos consumos de combustível, avaliando o ciclo de vida do automóvel, e para os perfis de utilização analisados, o Prius Plug-in Concept gasta -28% de energia que um híbrido e -32% que um Diesel, representando a emissão de CO2 equivalente de -35% comparada com um híbrido convencional e -40% comparado com um Diesel equivalente.

Comercialização do Prius Plug-in

Entrando este teste de estrada numa fase final, que terminará em Maio de 2013 – altura prevista para devolver os cinco Prius Plug-in Concept para o fabricante no Japão – a Toyota Caetano Portugal lança no mercado nacional a versão final e optimizada do Prius Plug-in 2012. Este modelo, que dispõe de uma autonomia alargada e plena, característica de qualquer híbrido, para além de oferecer uma condução de 25 km em modo 100% eléctrico com recurso ao carregamento das baterias lítio, através da ligação a qualquer tomada doméstica, num período de apenas 90 minutos. O Prius Plug-in está disponível pelo preço de 38.000€.