Tomar um café acompanhado por um falcão?! Sim é possível!

Tomar um café acompanhado por um falcão?! Sim é possível!
Um local com um inegável património histórico e cultural e com incontáveis lendas e histórias de amor, a Pousada Castelo de Óbidos proporciona este Outono/Inverno verdadeiras experiências de falcoaria para toda a família.
 
Para além de poderem tomar café no restaurante da Pousada acompanhados por uma ave de rapina, ou assistir a espectáculos gratuitos de voos livres, que se realizam de quarta-feira a domingo, por volta das 17H00, os clientes podem ainda, mediante marcação prévia, participar nos ateliers “A arte de caçar com aves” ou “Falcoeiro por um dia”. Nestes ateliers, crianças e adultos podem ter um contacto mais próximo com estas aves, conhecer um pouco mais sobre a história da falcoaria e adquirir alguns conhecimentos básicos sobre segurança, técnicas de treino e maneio destes animais.
 
A proposta das Pousadas de Portugal é então uma escapadinha à histórica Pousada Castelo de Óbidos gozando destas e de outras experiências. Quer se escolha ficar no castelo, para uma verdadeira experiência medieval, entre torres austeras e pedra forte, ou se opte por ficar na Casa do Castelo, as casas da vila transformadas e adaptadas para oferecer uma estadia confortável; a estadia nesta Pousada vai certamente surpreender e encantar.
Curiosidade
A ligação da Pousada Castelo de Óbidos à falcoaria já é secular… 
D. Dinis, o grande introdutor da falcoaria em Portugal, ofereceu o Castelo de Óbidos como dote de casamento à sua esposa D. Isabel de Aragão, fazendo assim muito mais sentido encontrar aqui as aves de rapina – águias e falcões junto à entrada, aqui colocadas em honra a D. Dinis – do que qualquer outro animal.
 
 
Sobre as Pousadas de Portugal
As Pousadas de Portugal são uma cadeia hoteleira com mais de sete décadas de história, e conta com 35 unidades espalhadas de Norte a Sul do País. O seu nome é sinónimo de qualidade, hospitalidade, cultura e tradição. Tiveram a sua origem nos anos 40, com a construção das primeiras Pousadas Regionais, destinadas a alojar os visitantes e fornecer-lhes alimentação consentânea com o estilo e as tradições de cada região. Na década de 50 o conceito alargou-se às Pousadas históricas, instaladas em monumentos cuidadosamente restaurados para o efeito. O nosso compromisso é garantir uma oferta turística diferenciada que mantém viva a chama hospitaleira dos portugueses e se afirma como um veículo de protecção e divulgação do nosso património cultural. Com uma rede espalhada de Norte a Sul do País, mas também nos Açores, estamos em castelos, conventos ou fortalezas, integrados na paisagem com a naturalidade da história que albergam os espaços onde estamos vivos, numa experiência que faz com que quem nos visita passe a ser, connosco, portador do saber que acumulamos. A garantia que damos é a excelência, que naturalmente não dispensa todo o respeito pela recuperação do património arquitectónico nacional, adaptado às modernas exigências de conforto e bem-estar em sintonia com a sua autenticidade.