Terra treme na manhã de dia 11

Terra treme na manhã de dia 11

No dia 11 de outubro, pelas 11h10, os cidadãos são desafiados a participar num exercício de preparação para o risco sísmico, promovido pela Autoridade Nacional de Proteção Civil.

A iniciativa “A Terra Treme” é um exercício de um minuto que pretende alertar e sensibilizar a população sobre como agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo. O exercício, que pode ser feito em todo o país, ajudará a população a conhecer e praticar os 3 gestos que podem salvar vidas em caso de sismo.

Durante o exercício, os cidadãos devem BAIXAR-SE sobre os joelhos, uma posição que evita cair em caso de ocorrência de sismo, (também designado por terramoto ou tremor de terra). Deverão PROTEGER a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos, procurando abrigar-se, se possível colocando-se sob uma mesa resistente e segurar-se firmemente a ela. Por fim, AGUARDAR até que a ‘terra pare de tremer’.

“A Terra Treme é um exercício de preparação para o risco sísmico que visa promover a informação e a mobilização da sociedade civil para a adoção de comportamentos adequados de autoproteção em caso de ocorrência de sismo. É, acima de tudo, uma ação de sensibilização que promove o conhecimento do risco sísmico e a adoção de medidas para a mitigação das suas consequências”, refere Manuel Mateus Couto, Presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil.

Para inscrever-se na iniciativa, individualmente ou em grupo (famílias, escolas, empresas, organizações públicas e privadas), basta aceder a www.aterratreme.pt, promovendo a animação desse minuto, o debate e a partilha de ideias antes ou após o exercício, de forma a melhorar algumas fragilidades identificadas, organizando desde já o exercício do próximo ano.

A “Terra Treme” é uma iniciativa promovida pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, em conjunto com a Cruz Vermelha Portuguesa e a Liga dos Bombeiros Portugueses. São parceiros da iniciativa o CERU – Centro de Estudos Rurais e Urbanos, o Instituto Superior Técnico de Lisboa, a Associação Nacional de Voluntários da Proteção Civil, a Escola Profissional de Imagem, a SONAE Sierra e a GCI, consultora com uma matriz de public engagement.