Teresa Bonvalot e Frederico Morais vencem Allianz Caparica Pro

Teresa Bonvalot e Frederico Morais vencem Allianz Caparica Pro

No terceiro e último dia do Allianz Caparica Pro, a primeira etapa da Liga MOCHE 2014, as ondas subiram para 1.5m, apresentaram uma óptima formação e proporcionaram aos melhores surfistas nacionais um palco de excelência para a discussão dos títulos da prova.

O muito público que frequentou a Costa de Caparica assistiu a momentos de surf fantásticos, ondas muito bem surfadas e notas altas em praticamente todos os heats disputados.

Na final feminina, Teresa Bonvalot, de apenas 14 anos e uma das maiores esperanças do surf nacional, deu uma verdadeira lição de surf potente e fluido, vencendo o Allianz Caparica Pro de forma contundente, com a melhor onda do dia (8.75 em 10 pontos possíveis) e o segundo maior somatório da prova (16.75 pontos em 20 possíveis).

Teresa, que em 2013 terminou na terceira posição do ranking nacional de surf feminino, deixou todas as suas adversárias a necessitarem de uma combinação de duas ondas para baterem o seu score, o mesmo que dizer “deu uma volta de avanço”.

“Diverti-me imenso neste campeonato. As ondas estiveram muito melhores do que no ano passado e acabei por conseguir mostrar todo o meu surf na final. Estou muito feliz com esta vitória e espero continuar assim ao longo do ano,” comentou Teresa, que deixou a ericeirense Ana Sarmento na segunda posição, a conterrânea desta, Keshia  Eyre, na terceira e a local da Caparica Francisca Santos, ex-campeã nacional, no quarto posto.

As surpresas desta etapa, na prova feminina, ficaram por conta das eliminações da campeã e vice-campeã nacionais, Carina Duarte e Camilla Kemp (também vencedora desta etapa em 2013), nas meias-finais, juntamente com Mariana Assis e Inês Silva.

Na prova masculina, o campeão nacional em título, Frederico Morais, atingiu o seu pico de forma hoje e acabou por vencer a primeira etapa do ano, numa final de alto nível com Marlon Lipke, tendo antes eliminado outros dois nomes fortes do surf nacional – Vasco Ribeiro e Gony Zubizarreta.

Os dois competidores regulares do circuito mundial fizeram uma final muito táctica, escolhendo muito bem as suas ondas, acabando por surfar apenas três cada um, mas todas pontuadas com notas altas. Frederico acabou por vencer, com 15.75 pontos de total, contra os 15.30 de Marlon, o vencedor da última etapa da Liga MOCHE 2013.

“O meu objectivo nesta etapa era vencer, até porque no ano passado terminei em segundo, atrás do local Francisco Alves. Consegui, por isso estou muito feliz... sobretudo porque este foi um campeonato com altas ondas, bom tempo e um ambiente incrível. Obrigado à organização, patrocinadores, público sempre a incentivar e a todos os atletas. Este foi um campeonato fantástico!,” assegurou “Kikas”.

Marlon Lipke terminou assim num honroso segundo lugar, mostrando as suas intenções na Liga MOCHE 2014. Muito bem estiveram também os terceiros classificados ex-aequo, José Ferreira e Gony Zubizarreta. Ambos podiam ter alcançado a final, uma vez que fizeram a melhor onda nas suas respectivas baterias das meia-finais, ficando apenas a faltar-lhes uma segunda nota mais forte para avançarem.

 

Em quinto lugar, ficaram Vasco Ribeiro (num heat muito disputado com Frederico Morais), Ruben Gonzalez, Tomás Fernandes e Nicolau Von Rupp, um dos maiores destaques dos dois primeiros dias de prova.

Em disputa no Allianz Caparica Pro estiveram igualmente as qualificações para os Moche Wildcards da etapa portuguesa do circuito mundial, agora lideradas por Gony Zubizarreta, com Vasco Ribeiro em segundo lugar, Marlon Lipke em terceiro, Frederico Morais em quarto e José Ferreira em quinto.

Ramirez Júnior Award, que nesta etapa premiou a melhor surfista sub-18 em prova  com 500€, foi atribuído igualmente a Teresa Bonvalot, vencedora da etapa, que assim acumulou os dois prémios.

“A Costa de Caparica recebeu-nos com condições de luxo. A presença massiva do público vem dar corpo aquilo que pretendemos com estas etapas mais urbanas. Se por um lado os nossos patrocinadores encontram uma grande aproximação às pessoas, por outro, os grandes protagonistas, os atletas, recebem muito apoio e motivação. O resultado final é que os melhores surfistas nacionais saem da Caparica com o seu surf elevado ao mais alto nível, com a sua vontade renovada e, acima de tudo, com máxima rodagem competitiva. Parabéns a todos em geral e aos campeões Frederico Morais, Teresa Bonvalot e André Faria em particular,” afirmou Francisco Rodriguespresidente da Associação Nacional de Surfistas.

Liga MOCHE continua já daqui a quatro semanas para a segunda etapa, dias 17, 18 e 19 de Abril, na Ericeira.

 

Todas as etapas da Liga MOCHE têm transmissão em direto no MEO Kanal 202020; pela internet, em www.liga.moche.pt; na app mobile Surf MOCHE, bem como na RTP, através de resumos dedicados.

 

A primeira etapa da Liga MOCHE é uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MOCHE, Allianz, MEO, Malibu, Ramirez e Red Bull, os apoios locais da Câmara Municipal de Almada, os parceiros oficiais RTP, Go-S.TV e Puro Feeling, bem como os media partners Jornal i, Jornal Record, SURFPortugal, ONFIRE e Beachcam, contando também com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Surf.

 

Créditos das fotos para Pedro Mestre/Liga MOCHE, Ricardo Bravo/Liga MOCHE ou Francisco Rivotti/Liga MOCHE

Todas as informações relativas à Liga MOCHE 2014 estão também disponíveis em

https://meocloud.pt/link/0644b4b1-1ddd-4f40-ace1-6f4a61d87c01/Allianz%20Caparica%20Pro/