Terceira edição do Portugal Festival Awards com 140 festivais de música nomeados

Terceira edição do Portugal Festival Awards com 140 festivais de música nomeados
Cento e quarenta festivais portugueses de música vão a votos para a terceira edição dos Portugal Festival Awards, estando o Nos Alive e o Vodafone Paredes de Coura entre os mais nomeados, anunciou hoje a organização.
 
"A edição deste ano alcançou um recorde ao nível da participação: 140 festivais vão a votos, contabilizando entre si mais de 2,3 milhões de espectadores", sustenta a organização dos prémios e cuja votação, aberta ao público através da Internet, começa hoje.
 
No total, são doze as categorias destes prémios e distinguem os festivais pela dimensão, pela qualidade do campismo ou das casas de banho. Há ainda um prémio para o melhor festival académico.
 
O Alive (Algés) e o de Paredes de Coura (Minho) somam, cada um, quatro nomeações, ambos nas categorias de melhor festival de grande dimensão, campismo e casas de banho. O primeiro está indicado como festival urbano e o segundo como não urbano.
 
Entre os mais nomeados estão ainda, por exemplo, o Milhões de Festa (Barcelos), Cool Jazz (Oeiras), Bons Sons (Cem Soldos, Tomar), Sol da Caparica (Costa de Caparica) e Primavera Sound (Porto), todos em três categorias.
 
O Músicas do Mundo de Sines tem duas nomeações, enquanto o Super Bock Super Rock (Lisboa) e o Meo Sudoeste (Zambujeira do Mar) têm uma nomeação.
Há três prémios para atuações em contexto de festival: Artista Revelação, Artista Nacional e Artista Internacional.
 
Os concertos de Blur (no Super Bock Super Rock), Muse (no Alive), Tame Impala (no Paredes de Coura), Chance The Rapper (Summer Fest) e Nicoolas Jaar (LISB ON) estão nomeados para melhor atuação internacional.
 
Para melhor artista português ao vivo foram escolhidos Batida, Carlão, Diabo na Cruz, PZ e Regula.
 
A organização atribui ainda um prémio a nomes mais recentes da música portuguesa, estando nomeados Da Chick, Duquesa, Golden Slumbers, Isaura e Thunder & Co. Todos vão atuar com a West European Symphony Orchestra, na cerimónia de entrega de prémios, a 17 de novembro no Cinema São Jorge, em Lisboa.
 
Além da votação do público (em http://portugalfestivalawards.pt), os prémios contam ainda com os votos de um júri que inclui, entre outros, Zé Pedro, Tó Trips, Vítor Belanciano, Pedro Esteves, Álvaro Costa, Pedro Ramos e Rita Carmo.
 
Os Portugal Festival Awards foram lançados em 2013 com o objetivo de reconhecer os festivais de música em diferentes categorias, da organização ao cartaz, do tipo de recinto à sustentabilidade.
 
Em 2013, a primeira edição dos Portugal Festival Awards contou com 60 festivais de música.