Telma Monteiro ganha o ouro no Grand Slam de Abu Dhabi

Telma Monteiro ganha o ouro no Grand Slam de Abu Dhabi

A judoca portuguesa Telma Monteiro conquistou nesta sexta-feira a medalha de ouro na categoria de -57kg do Grand Slam de Abu Dhabi, ao derrotar a francesa Laetitia Blot, 14.ª do ranking mundial, na final.

Depois de ter conseguido uma vantagem de waza-ari, com uma projecção, Telma Monteiro ganhou por ippon, graças a uma imobilização, e garantiu o segundo triunfo do ano, depois da vitória no Open de Varsóvia.

Vice-campeã do mundo pela terceira vez este ano e oitava do ranking mundial, a judoca do Benfica, de 28 anos, conquistou ainda duas medalhas de bronze esta época, nos Europeus e no Grande Prémio de Ulan Bator.

A caminhada para a final de Telma Monteiro começou frente a Al Jalili Al Nuaimi, com a portuguesa a afastar a judoca dos Emirados Árabes Unidos em apenas 13 segundos, graças a um ippon.

Com um waza-ari, a judoca do Benfica bateu a canadiana Catherine Beauchemin-Pinard e qualificou-se para a final ao eliminar a norte-coreana Ri Hyo Sun no ponto de ouro, quando os juízes atribuíram uma segunda penalização à asiática.

Na final, Telma Monteiro, oitava do “ranking” mundial, vai defrontar a francesa Laetitia Blot, 14.ª.

Em -52kg, Joana Ramos terminou em quinto lugar, ao perder por ippon na luta pelo bronze com a russa Natalia Kuziutina, número quatro do mundo, mas somou mais 100 pontos e manteve a tendência de subida no ranking, no qual ocupa a 14.ª posição.

A fazer uma segunda metade de época muito positiva, com vários pódios e uma vitória no Grande Prémio de Astana, Joana Ramos iniciou a competição com um triunfo sobre a holandesa Birgit Ente, por penalização, mas perdeu de seguida por ippon com a francesa Annabelle Euranie, 10.ª da hierarquia, que viria a conquistar a outra medalha de bronze.

Na repescagem, a judoca do Sporting bateu a italiana Odette Giuffrida, por waza-ari, e ganhou direito a lutar pelo bronze, mas acabou imobilizada por Kuziutina e derrotada por ippon.

No sector masculino, César Diogo e Sergei Oleinic não conseguiram ultrapassar a segunda ronda na categoria de -66kg. Isento na primeira ronda, Oleinic perdeu na estreia, frente ao canadiano Patrick Gagne, enquanto César Diogo ainda venceu o peruano Jesus Gavidia Mendoza, antes de ceder perante o chinês Qing Daga.