Taguspark vai ter nova Praça Central

Taguspark vai ter nova Praça Central

Um investimento de 13 milhões de euros vai mudar o rosto do Núcleo Central do Taguspark, Parque de Ciência e Tecnologia da Região de Lisboa. Numa parceria entre o Taguspark e a empresa farmacêutica Novartis, foi lançada, esta quinta-feira, a primeira pedra das novas instalações da Novartis, que estarão executadas dentro de um ano.

A nova Praça Central do Taguspark vai revitalizar o empreendimento, assumindo-se como uma nova centralidade, tendo como base cerca de 7300 metros quadrados de novos espaços de escritórios (6000 m2) e comerciais (1300m2).

Um dos principais eixos desta intervenção constitui o edifício que vai acolher todas as divisões do Grupo Novartis. Um novo edifício de três pisos, com uma área total de 5600 m2, e que será dotado de um parque de estacionamento com capacidade para 350 lugares.

Com a instalação da Novartis, ganha forma o objectivo dos responsáveis do Taguspark de captar empresas que “podem colher vantagens da envolvente tecnológica” já instalada no empreendimento, para o transformar num “cluster” das Biotecnologias e Ciências da Vida.

Presente na cerimónia de lançamento da primeira pedra do novo edifício, o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino de Morais, enalteceu a importância do novo investimento e desafiou mesmo o trabalhadores da empresa farmacêutica a virem residir para o concelho de Oeiras. “A zona do Taguspark e do Cabanas Golf tem muita habitação para preencher, há moradias e habitação colectiva, por isso, os trabalhadores na Novartis têm todas as vantagens em poderem vir viver para este território, junto aos seus empregos”, desafiou o autarca.