Subida de temperatura leva muitos às praias

Subida de temperatura leva muitos às praias
A subida da temperatura que hoje se fez sentir em todo o país, levou muitas pessoas a procurarem as praias de norte a sul, aproveitando um dia de férias ou de folga para se deitar ao sol ou dar um mergulho no mar.
 
Os portugueses são como "os caracóis, ficam logo com os 'corninhos' [de fora]" assim que aquece o sol, disse Judite, olhando para o areal da praia de Carcavelos, onde passou a manhã de hoje a aproveitar a folga.
  
Trabalhadora no setor da hotelaria, Judite apercebeu-se das previsões de "tempo agradável" e deslocou-se desde a Damaia, com as duas filhas, testemunhando que o calendário formal já não determina as idas dos portugueses para os areais e banhos de mar.
 
"As miúdas estão de férias e eu estou de folga, por isso levantámo-nos cedinho" para aproveitar a "rica praia que está hoje", afirmou Judite, para quem a água do mar estava "boa", embora ainda "um bocadinho fria".
 
No hotel onde trabalha espera que este fim-de-semana marque o fim da época baixa, sobretudo com a tradicional chegada de turistas espanhóis no período da Páscoa.
 
"O nosso país vive essencialmente do sol", lembrou.
A filha Mafalda resumiu o momento com a frase "está sol, está calor, está-se bem na praia", enquanto a irmã Maria antecipou que, depois deste "solinho da manhã", viria o "descanso da parte da tarde" em casa.
 
As duas foram unânimes no descrever dos cuidados a ter na praia, mesmo que a época balnear ainda esteja longe: "óculos de sol e protetor solar" e evitar a exposição nas alturas de maior calor.
 
Três amigas de biquíni, de 19 anos, também manifestaram a satisfação de estar na praia em altura de férias.
 
Entreolhando-se em sinal de concordância, as jovens recordaram como no ano passado, por esta altura, estavam em casa, "até porque devia estar a chover", mas hoje é para "aproveitar o resto do dia" por ali.
 
A meteorologista Cristina Simões previu hoje à Lusa temperaturas máximas na ordem dos 31 graus, nas regiões do interior, mas com uma descida gradual dos valores em todo o país, a partir de sexta-feira.
 
O tempo para a Páscoa espera-se ameno e para a próxima semana deve voltar a chuva.
 
"Every day" (todos os dias), respondeu Noé, de 72 anos, quando questionado sobre a frequência com que se desloca à praia. Com um bronzeado que prova as suas palavras, este reformado enumerou as vantagens de frequentar diariamente a praia: "fico sempre jovem e limpa a cabecinha".
 
Naquele que considerou o melhor dia do ano para a praia, até agora, Noé deixou um apelo: "Está um dia maravilhoso, saia de casa, largue o sofá e venha reinar para a praia. Traga o netinho".