SINTRA: Encerrada exploração pecuária por abate ilegal de gado

SINTRA: Encerrada exploração pecuária por abate ilegal de gado

Uma exploração pecuária no Casal dos Afonsos, em Queluz, concelho de Sintra, foi encerrada por alegada prática do crime de abate clandestino de animais, anunciou hoje o comando territorial de Lisboa da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo a GNR, em comunicado, o Serviço de Proteção Ambiental e da Natureza (SEPNA), em colaboração com a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e as autoridades veterinárias municipais de Amadora e Sintra, encontraram numa ação de fiscalização "indícios evidentes de abate clandestino de gado".

As autoridades elaboraram "autos de notícia de contraordenação, por falta de licença de exploração de atividade pecuária classe 2, falta de identificação dos animais e queima de resíduos", apreendendo 41 bovinos, cem suínos e dez ovinos", nomeando como fiel depositário dos animais o proprietário da exploração.

Na sequência da operação foram apreendidos "utensílios ligados à prática do abate ilegal, uma balança, diversas facas, um machado e dois afiadores" e comunicado o encerramento da exploração ao Tribunal da Comarca de Lisboa Oeste, em Sintra.