Sintra: CDS apoia candidatura de Pedro Pinto

Sintra: CDS apoia candidatura de Pedro Pinto
A concelhia de Sintra do CDS-PP vai apoiar a candidatura do deputado do PSD Pedro Pinto à presidência da Câmara local, reeditando a coligação que governa o município há 11 anos.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da concelhia de Sintra do CDS-PP, Silvino Rodrigues, disse que esta estrutura aprovou esta noite "por esmagadora maioria" a manutenção para as próximas autárquicas da coligação com o PSD.
Segundo Silvino Rodrigues, os dois partidos pretendem manter o nome da Coligação "Mais Sintra" liderada por Fernando Seara, que termina em 2013 o seu terceiro e último mandato como presidente da Câmara de Sintra.
Para Silvino Rodrigues, a decisão do partido em coligar-se novamente com o PSD "resulta de uma reflexão amadurecida ao longo dos últimos dois meses".
O candidato da coligação de direita vai concorrer à liderança do município de Sintra contra o actual vice-presidente da Câmara, Marco Almeida, candidato independente que foi rejeitado pelo PSD, e contra o socialista Basílio Horta.
A distrital de Lisboa do PSD não aceitou o nome proposto pela concelhia de Sintra (Marco Almeida), optando por indicar à Comissão Política Nacional a escolha do deputado Pedro Pinto, num momento em que o vice-presidente da Câmara preparava o anúncio da sua candidatura.
Em Sintra, o segundo maior município do país, as autárquicas de 2013 têm até ao momento dois candidatos com nome feito na política nacional (Basílio Horta e Pedro Pinto) e Marco Almeida, um "homem da terra", apontado quer pela concelhia do partido quer por vários presidentes de juntas como o natural sucessor de Fernando Seara à frente do município.
Após a formalização da candidatura de Pedro Pinto, a concelhia do PSD e vários presidentes de juntas do partido reiteraram o apoio ao vice de Fernando Seara, que exerce essa função há 11 anos.