Sindicatos protestam na quarta-feira contra degradação da ferrovia de Cascais

Sindicatos protestam na quarta-feira contra degradação da ferrovia de Cascais
Vários sindicatos marcaram para quarta-feira, no Cais do Sodré, uma ação de sensibilização juntos dos utentes da linha ferroviária de Cascais, em protesto pela degradação do equipamento e em defesa do serviço público.
 
A "ação de sensibilização e denúncia" está marcada para as 17:00, na estação do Cais do Sodré, na qual deverão estar presentes elementos da União dos Sindicatos de Lisboa, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans) e o Movimento de Utentes do Serviço Público (MUSP).
 
"É mais uma iniciativa das muitas que já temos feito junto dos utentes, porque a linha de Cascais tem vindo a perder a qualidade do seu serviço, com a redução de comboios e de horários, além da urgente necessidade de renovação de material circulante", disse à Lusa Abílio Carvalho, da Fectrans.
 
Para o sindicalista, a linha ferroviária de Cascais "tem sido alvo de um grande desinvestimento nos últimos 20 anos", com responsabilidade dos "sucessivos governos", e que "só não é mais grave porque os trabalhadores têm conseguido reduzir os impactos negativos da falta de investimento na infraestrutura".
 
"Esta situação está a ter repercussões a vários níveis e são sistemáticas as avarias no material circulante que colocam em causa a segurança e afetam a já diminuta oferta de comboios previstos", denunciou Abílio Carvalho.