Setúbal e Alentejo registam 140 ocorrências devido ao mau tempo

Setúbal e Alentejo registam 140 ocorrências devido ao mau tempo
O mau tempo, com vento forte e chuva, provocou durante o dia de hoje 140 ocorrências no Alentejo e no distrito de Setúbal, informaram fontes da Proteção Civil cerca das 17:00.
 
Quedas de árvores e de estruturas e inundações foram as principais consequências do mau tempo.
PUB
 
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse à agência Lusa que, até às 16:30, foram registadas 140 ocorrências naquele distrito, a maioria quedas de árvores e de estruturas, além de cinco inundações.
 
No distrito de Évora, segundo o CDOS, registaram-se até às 16:00, 21 quedas de árvores em vários concelhos, cinco inundações, uma em Reguengos de Monsaraz, no mercado municipal, duas em Estremoz, em vias públicas e duas em Mora, uma numa habitação e outra em via pública.
 
Ainda no distrito de Évora, ocorreu a queda de um telhado de uma casa degradada, em Arraiolos, e um aluimento de terras no concelho de Mora.
 
Fonte do CDOS de Beja indicou que no distrito foram registadas 16 quedas de árvores, três inundações, duas no concelho de Vidigueira e uma em Beja, e três quedas de estruturas em Beja, Ourique e Vidigueira.
 
No distrito de Portalegre, de acordo com o CDOS, registaram-se também inundações, quedas de árvores e de muros.