Secretário de Estado inaugura estação de Agualva-Cacém e garante que não haverá aumentos nos transportes

Secretário de Estado inaugura estação de Agualva-Cacém e garante que não haverá aumentos nos transportes

O secretário de Estado dos Transportes disse hoje que o Governo não vai aumentar os preços dos transportes públicos e admite baixar preços nos dias de menor procura. "Aumentos extraordinários estão completamente postos de lado, o ajustamento a partir daqui será somente em função da inflação. Pode haver ajustamentos pontuais, aumentos certamente que não. Se houver é diminuição de preços em certos dias, que mostraram que a procura é menor que a oferta", anunciou Sérgio Silva Monteiro.
O secretário de Estado adiantou que esta "gestão do tarifário em função das taxas de ocupação" tem o objetivo de atrair mais utilizadores para os transportes públicos.
 Sérgio Silva Monteiro falava aos jornalistas no final da cerimónia de inauguração da estação ferroviária de Agualva-Cacém, em Sintra.
Durante a cerimónia, Sérgio Silva Monteiro disse que o Governo quer criar, até ao fim da legislatura, uma "oferta global" de transportes públicos que faça a cobertura de todo o território nacional.
"Desde que somos Governo poupámos 250 milhões de euros nas empresas públicas de transporte. Têm que ser parcialmente redistribuídos pelo resto do país, para que essa oferta possa ser real em todo o sítio e para que sejamos justos e equitativos do ponto de vista social e territorial", afirmou.
A construção da estação de Agualva-Cacém custou 16 milhões de euros, teve início em 2008 e está inserida nas obras de quadruplicação e modernização da Linha de Sintra.
A intervenção incluiu a construção de um novo edifício subterrâneo de passageiros, a construção de uma passagem inferior que assegura o atravessamento pedonal e a construção de um interface rodoviário.
A obra incluiu novos sistemas de videovigilância nas zonas de circulação.