Rúben Perdigoto troca Vitória de Janes pelo Belenenses

Rúben Perdigoto troca Vitória de Janes pelo Belenenses

O triatleta cascalense Rúben Perdigoto, há quatro épocas no triatlo do Vitória de Janes, da Malveira da Serra, Cascais, vai esta época integrar a equipa “Teleperformance Os Belenenses”, que tem como responsável Luís Costa e técnico principal Rudi Bernardo, recentemente nomeado pela FTP para a votação do Prémio Treinador do Ano da Confederação do Desporto de Portugal.

“O Belenenses é um clube histórico, autêntico viveiro de triatletas e com um projecto  interessante”, afirma Rúben Perdigoto, que assegura integrar a equipa de triatlo “com grande motivação e empenho, na certeza de que irá dar o seu melhor ao lado de outros jovens promissores”, que formam a equipa do Restelo.

A “ausência de apoios ao triatlo” no Vitória de Janes, outrora grande equipa nesta modalidade, para a qual também contribuiu o mítico triatleta Carlos Brito, levou Rúben Perdigoto a trocar este clube pelo “Teleperformance Os Belenenses”.

“O Triatlo é um desporto em manifesto desenvolvimento no nosso País e é pena que alguns clubes, patrocinadores e até autarquias ainda não tenham a visão necessária para a sua real dimensão”, lamentou o triatleta.

Natural de Cascais, Rúben Perdigoto, 24 anos, iniciou-se no Oeiras Sport Clube, tendo-se transferido mais tarde para a Molly Maid-Vitória de Janes, equipa da freguesia de Alcabideche que integrava desde 2009, altura em que foi relançada para o panorama nacional da modalidade.

Em 2010 Rúben Perdigoto sagrou-se campeão regional centro sub-23 e no ano passado foi vice-campeão no 1.º Aquatlo Sport Algés e Dafundo.

Valdemar Pinheiro