Rock in Rio apoteótico despediu-se e marcou novo regresso

Rock in Rio apoteótico despediu-se e marcou novo regresso

Foi ao som de “Twist and Shout” que fechou a quinta edição do Rock in Rio Lisboa, no último fim-de-semana, no Parque da Bela Vista em Lisboa. Um final apoteótico, já mesmo depois do Fogo de Artifício ter brilhado no céu, com Bruce Springsteen a dar um concerto verdadeiramente memorável, de duas horas e meia de música a um ritmo muito acelerado. Contagiante, “The Boss” cantou e encantou o público da primeira fila à última, num mar de gente que ultrapassou as 81 mil pessoas e que não arredaram pé apesar da hora tardia do concerto para um domingo. Depois dos Xutos e Pontapés, Bruce Springsteen demorou cerca de 45 minutos a entrar em palco, mas compensou os fãs com duas horas e meia de excelente música e muita interacção com os fãs. Com a simpatia que lhe é conhecida, Springsteen cantou aos ombros dos portugueses, mas também levou uma criança e duas fãs ao palco. Percorreu todo o palco vezes sem conta, de um lado para o outro e correu no corredor aberto na relva. Eram já três horas da madrugada quando o público se despediu em peso da Cidade do Rock, trazendo consigo largos sorrisos de quem tinha gostado de ouvir também os Xutos e Pontapés e James, a banda britânica que fez questão de falar das medidas políticas em curso em Portugal, interrogando o público “como é possível haver pessoas idosas sem dinheiro para pagar a luz e como se fecham escolas no norte do país, deixando tantos professores no desemprego?”. O segundo fim-de-semana do Rock in Rio registou também uma verdadeira enchente no sábado, com Joss Stone, Bryan Adams e Stevie Wonder a actuarem perante o olhar de 73 mil pessoas. A cantora soul voltou a brilhar no Parque da Bela Vista com a sua simplicidade de humildade em palco, Bryan Adams desfilou todos os seus grandes êxitos como “Summer of 69”, “Somebody” e “I'm Ready”, e Stevie Wonder a dar uma verdadeira aula de música, ao longo de duas horas de um concerto ímpar. Ivete Sangalo, Maroon 5 e Lenny Kravitz foram as estrelas de sexta-feira, ao cantarem para uma plateia de 74 mil pessoas.

O Rock in Rio despediu-se a brilhar neste fim-de-semana do Parque da Bela Vista, mas a organização já anunciou o regresso para 2014.