Ricardo Moura e António Costa são tricampeões de Portugal

Ricardo Moura e António Costa são tricampeões de Portugal

Este ano foi necessário esperar pela última prova do campeonato, para que Ricardo Moura e António Costa voltassem a festejar mais um título absoluto de Campeões de Portugal de Ralis. Os novos tricampeões venceram o Rallye Casinos do Algarve ao volante do Skoda Fabia S 2000, deixando o segundo classificado, em carro idêntico, a trinta e cinco segundos de diferença.

A ARC Sport viria ainda a conquista o 3º lugar do pódio, com o Subaru Impreza R4 tripulado por Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira, também vencedores do Agrupamento de Produção. Nas duas rodas motrizes, Joaquim Bernardes e Pinho de Almeida conquistaram o título na categoria de dois litros.

Este foi um final de época perfeito para a ARC Sport e para o tricampeão Ricardo Moura.

Este foi um rali com um sabor especial. Foi uma prova difícil, com troços em sentido contrário e piso degradado, mas foi excelente porque este foi um rali que nunca tinha vencido. Conseguir levar mais um título absoluto para os Açores é fantástico. Gostaria de dedicar esta vitória à ARC Sport, e em especial ao Augusto Ramiro, não só pelo excelente trabalho desenvolvido ao longo de todo o ano, mas também pelo importante papel que o Augusto Ramiro representou, mesmo nos momentos mais difíceis. Esta vitória foi também importante, porque queria muito que o António Costa fosse campeão. Uma vez que ele não fez o Sata Rallye Açores, a nossa vitória no Algarve contribuiu para o seu terceiro título. Começámos o campeonato com um Grupo N, e passámos para o Skoda Fabia S 2000, acabando por demonstrar que esta também foi uma aposta ganha. Julgo que já demonstrámos tudo o que tínhamos a demonstrar. Não gosto de avaliar o que pode faltar fazer, gosto sim de me sentir feliz pelo que consegui fazer até aqui”, afirmou Ricardo Moura.

 

No final do Rallye Casinos do Algarve, António Costa também se mostrava feliz pelo terceiro título conquistado.

Foi um ano difícil e algo complicado a meio da época, mas conseguimos recuperar na parte final. Quero agradecer ao Ricardo e à ARC Sport por este terceiro título consecutivo”, afirmou, naturalmente feliz, António Costa.

 

Adruzilo Lopes vence Produção e conquista o 3º lugar

Em apenas quatro ralis disputados, Adruzilo Lopes e Vasco Ferreira conquistaram quatro vitórias no Agrupamento de Produção e três pódios, com o Subaru Impreza da ARC Sport. Uma demonstração clara de plena competitividade.

Quando comecei não tinha qualquer tipo de objectivos no campeonato, uma vez que comecei mais tarde e não sabia quantos ralis ia fazer. Nunca esteve em causa alcançar qualquer título. Mas depois de quatro participações, obter quatro vitórias nas Produção, dois segundos lugares e um terceiro à geral, é excelente. Este rali foi bom, embora pouco indicado para o Subaru. Estou satisfeito com o resultado e com a vitória na Power Stage. Valeu muito a pena o esforço feito para este ano. Foi bom para mim e para a equipa, pois demonstrámos que o Subaru Impreza R4 é um carro competitivo. Queria deixar um agradecimento à ARC Sport por todo o apoio ao longo de mais um ano”, declarou Adruzilo Lopes.

 

Joaquim Bernardes foi campeão da categoria 2 litros nas 2 rodas motrizes

Para Joaquim Bernardes, também foi necessário ir ao Algarve para conquistar um troféu nacional.

Valeu a pena, pois conseguimos o título dos dois litros e o terceiro lugar na prova entre as duas rodas motrizes. Este rali foi uma novidade para mim e também foi pouco treinado. Apesar de tudo, penso que andámos bem, apesar de condicionados por uma ligeira saída de estrada logo no início da prova. Agora vamos fazer um balanço desta época, pois ainda não há nada definido para o próximo ano”, disse Joaquim Bernardes.

 

Em final de época, a ARC Sport só pode estar feliz pelos resultados obtidos. Três títulos absolutos conquistados com Ricardo Moura e António Costa, é o culminar de um longo trabalho e de uma dedicação extrema.

É gratificante trabalhar com pilotos assim. Quero dar os parabéns ao Ricardo Moura e ao António Costa por todo o esforço que tiveram num ano especialmente difícil. O terceiro título consecutivo conquistado no Algarve, é um justo prémio pela constante evolução que conseguiram demonstrar, mesmo na excelente adaptação ao novo Skoda Fabia S 2000.

Os nossos parabéns ao Adruzilo Lopes, um piloto que também nos tem dado inúmeras alegrias e títulos ao longo das diversas épocas em que tem estado com a ARC Sport, e que hoje alcançou mais um resultado fabuloso. Para o Joaquim Bernardes uma palavra de apreço pelo título que hoje alcançou na sua categoria.

Para todos os elementos da equipa da ARC Sport, o meu obrigado por toda a dedicação e empenho que sempre demonstraram ao longo de tantos anos. Num momento como este, não posso esquecer toda a minha família que sempre me apoiou e incentivou para um trabalho tão gratificante como este ”, declarou Augusto Ramiro.