Revista da Estoril Sol suspensa

Revista da Estoril Sol suspensa
A publicação da Egoísta “está suspensa” e “o futuro da revista depende da administração que será eleita na próxima assembleia-geral” da Estoril Sol, entidade proprietária do título, disse à Lusa fonte desta sociedade.

A Egoísta começou a ser publicada em janeiro de 2000, sob a direção de Mário Assis Ferreira, vice-presidente do Conselho de Administração da Estoril Sol, SGPS, e a edição da escritora Patrícia Reis.
Desde a sua criação, a Egoísta assumiu-se como “outra forma de ser revista”, e destacou-se pelo design original e arrojado, da responsabilidade do diretor de arte Henrique Cayate.
A Egoísta é a publicação portuguesa mais galardoada internacionalmente. 
No ano passado, em março, foi distinguida com três Prémios Papies, na 24.ª edição deste certame internacional, tendo sido galardoada na categoria “Revistas”, com os dois Grandes Prémios, pelas edições n.ºs 47 e 48 dedicadas, respetivamente, aos temas “Viagem” e “Cartas” e, ainda, com uma Menção Honrosa pela edição n.º 46, intitulada “Traço”. 
Na cerimónia de entrega dos prémios, em março passado, Patrícia Reis sublinhou que este é um “projeto que promove a Língua e a Cultura Portuguesa” e que envolve “mais de 500 colaboradores”.
Segundo dados da Estoril Sol, a publicação já arrecadou 41 galardões, tanto nacionais como internacionais.
O último número da revista foi editado em dezembro passado, celebrando a sua  50.ª edição, cuja temátiaca foram os “Artistas”. 
Uma edição de 126 páginas, com "uma criteriosa selecção de portfólios dedicada aos Artistas e à Arte", segundo nota da Estoril Sol.
A Assembleia Geral extraordinária da sociedade está marcada para a próxima segunda-feira, às 18:00, no Casino Estoril, tendo como primeiro ponto da ordem de trabalho, a eleição dos membros dos órgãos sociais para o quadriénio de 2013/2016.