Requalificação da frente ribeirinha do Barreiro vai avançar

Requalificação da frente ribeirinha do Barreiro vai avançar

O presidente da Câmara do Barreiro, Carlos Humberto, anunciou hoje que o projecto de requalificação da frente ribeirinha vai avançar, com a primeira fase a ser a construção de passadiço pedonal e arranjos na zona da Alburrica.

"Até agosto vamos avançar com o passadiço pedonal em direção à avenida Alfredo da Silva, amarrado na rua Miguel Pais, que vai depois ligar a Alburrica. Vamos também proceder a alguns arranjos na zona de Alburrica, num concurso de cerca de 800 mil euros", afirmou.

O autarca explicou que a obra, que integra a candidatura REPARA, para requalificação da frente ribeirinha, deve estar concluída cerca de um ano depois do lançamento do concurso.

Carlos Humberto referiu que para cumprir o "grosso da candidatura" vão ficar a faltar duas empreitadas, que não estão prontas para avançar já, do ponto de vista jurídico, técnico e financeiro.

"A primeira empreitada é a escola Conde Ferreira, onde vai nascer um pequeno hotel, a avenida da praia e as travessas com o Barreiro Velho e rua em frente à escola. A segunda envolve o moinho pequeno, onde vai nascer um espaço de restauração, toda a rua Miguel Pais e os dois largos, da igreja e da escola", explicou.

Carlos Humberto anunciou que as empreitadas vão ter a participação dos parceiros envolvidos na candidatura.

O autarca referiu ainda que a Administração do Porto de Lisboa vai avançar em breve com a construção do muro da avenida da Praia, desde a zona que terminou a última intervenção, até ao Clube de Naval.