Renegade: Um Jeep europeu

Renegade: Um Jeep europeu
As sete barras verticais da grelha frontal e os dois faróis redondos que a ladeiam não deixam margem para dúvidas quanto à marca de que estamos a falar. Sim, é verdade! Trata-se de um Jeep. Porém, um Jeep que é o primeiro a ser fabricado na Europa, na fábrica da Fiat, em Melfi (Itália), onde também é produzido o novo Fiat 500 X com o qual o Renegade partilha plataforma, motor e alguns componentes. 
 
A parceria entre um ícone em veículos todo-o-terreno e uma marca mais vocacionada para pequenos modelos resultou na criação de um SUV compacto, segmento em grande crescimento na Europa, com aptidões para circular fora de estrada.
 
Com uma altura ao solo de 17,5 cm, mesmo na versão 4x2 com mecânica 1.6 Multijet de 120 cv, o Renegade mostra-se muito à-vontade em pisos degradados e estradões de terra batida, faltando-lhe, contudo, o controlo dinâmico de condução “mood selector” que equipa o Fiat 500 X e que pode fazer toda a diferença em piso escorregadio. 
 
De qualquer forma, para os amantes do todo-o-terreno, a marca norte-americana também criou uma versão do Renegade com tracção integrale motor Diesel Multijet II de 170 cv, disponível em Portugal apenas sob encomenda dado o seu preço proibitivo devido à exagerada carga fiscal.
 
Quanto a este Renegade, para além da estética e de alguns pormenores característicos da marca, destaca-se pelo espaço e conforto que proporciona aos passageiros e, naturalmente, ao condutor. 
 
A capacidade da bagageira (351 litros), não sendo exemplar, está igualmente a bom nível, tal como a qualidade dos materiais e revestimentos no interior. Aqui, a marca combinou alguma sobriedade com modernidade, elegância e, sobretudo, com a imagem de robustez que a distingue. 
 
A motorização 1.6 Multijet revela-se competente, em estrada, na cidade ou na terra, e os consumos são claramente europeus: 6,8 l/100 km no teste efectuado pelo JR (a marca anuncia 5,6 l/100 km), o que é francamente bom para um carro com 2305 kg.
 
Ao nível do equipamento, o Renegade oferece vários itens de série, como o ar condicionado automático bi-zona, cruise control com radar anti-colisão, rádio com comandos no volante, sensores de estacionamento, entre outros, sendo que na fase de lançamento as primeiras 50 unidades vendidas integram oferta de bancos em pele, retrovisores eléctricos aquecidos e sistema de entrada sem chave.
 
Em suma, uma boa proposta, para quem procura um carro com espírito de aventura, espaço para a família e estética distinta.
 
Paulo Parracho