Renault Portugal nomeia António Félix da Costa como embaixador da marca

Renault Portugal nomeia António Félix da Costa como embaixador da marca
A Renault Portugal nomeou como seu embaixador o jovem António Félix da Costa, o mais do que provável quinto português a ingressar na Fórmula 1 – em 63 anos de história da modalidade. Uma associação natural, já que desde 2008, ano em que se estreou nos monolugares, não houve nenhuma época em que nunca tivesse corrido com motores Renault. E com um talento e um palmarés que não passaram despercebidos à marca responsável pela equipa tricampeã do mundo de Fórmula 1 em título, não surpreende que tenha tripulado monolugares com motores Renault em 80 por cento das vezes que cometeu a proeza de subir ao lugar mais alto do pódio!
Para José Caro de Sousa, Administrador-Delegado da Renault Portugal, a associação com António Félix da Costa não podia fazer mais sentido: «Desde que ingressou nos monolugares, não houve uma única época em que o António Félix da Costa não tivesse corrido com motores Renault. Este ano é um dos grandes candidatos à vitória do World Series by Renault e não é uma utopia pensar-se que pode seguir as pisadas de nomes como o Fernando Alonso, o Sebastian Vettel e muitos outros que chegaram à Fórmula 1 depois de mostrarem o seu talento na competição organizada pela Renault».
Como admite José Caro de Sousa, «é com justificado orgulho que a Renault Portugal passa assim a estar associada a um jovem que começa a afirmar-se um dos símbolos de Portugal. Um piloto com imenso talento e elevado sentido profissional, que vai participar em várias acções que vamos desenvolver, com o objectivo de promover uma marca que se orgulha de ter uma das mais modernas, atractivas e desportivas gamas do mercado».
Quanto a António Félix da Costa, o piloto admite que «para mim é um orgulho ser embaixador e vestir as cores duma marca como a Renault que, no lado de competição, é fornecedora de motores da Red Bull, portanto Campeã do Mundo de F1 e, no seu dia-a-dia produz carros que são incríveis, desportivamente falando, mas também em termos de fiabilidade. Além do mais é um prazer ser o símbolo Nacional da Renault Portugal, e espero que venhamos a estar juntos por muitos anos, numa altura que acredito estar cada vez mais perto da Fórmula 1. Sinto que a Renault Portugal acredita no meu sucesso tanto como eu, com a mesma força e convicção».