Renault Captur Helly Hansen: Preparado para a aventura

Renault Captur Helly Hansen: Preparado para a aventura

Sucesso de vendas em Portugal, o Renault Captur apresenta-se agora numa nova versão que apela ainda mais à aventura. A série limitada Helly Hansen reforça as valências deste crossover quando levado para caminhos sem asfalto com a inclusão do sistema de controlo de tracção Extended Grip e de pneus “mud and snow” na lista de equipamentos de série. O preço, abaixo dos 20 mil euros, continua competitivo.

 

Se os 200 mm de distância ao solo (quase ao nível da maioria dos SUV e dos 4x4) já permitiam ao Renault Captur aventurar-se por trilhos mais difíceis, com os pneus “mud and snow” desenvolvidos para enfrentar pisos com lama e neve e a introdução do sistema de controlo de tracção Extended Grip estreado no Scénic XMOD, a versão Helly Hansen surpreende pela capacidade de superar dificuldades em fora de estrada, nomeadamente quando a ausência de tracção é mais crítica.

Com a activação manual do comando Extended Grip colocado junto à manete da caixa de velocidades, o condutor pode escolher três diferentes modos de assistência:

- No modo «Expert», o dispositivo faz a gestão do sistema de travagem, deixando ao condutor a gestão total do controle do binário do motor.

- O modo «Estrada» corresponde às regulações clássicas de um sistema anti-patinagem e liga-se automaticamente quando a velocidade atinge os 40km/h.

- O modo «Fora de estrada/solo escorregadio» optimiza os controlos dos travões e do binário do motor, em função das condições de aderência.

 

A nova cor Vermelho Flamme é outra das novidades do Renault Captur Helly Hansen, que só está disponível com carroçaria bi-tom. Ainda no exterior, destaque para os pára-choques específicos, as jantes em liga leve de 17 polegadas, os vidros sobreescurecidos, o sistema de ajuda ao estacionamento traseiro e os espelhos retrovisores exteriores rebatíveis electricamente. No habitáculo, para além da curiosa e prática gaveta “Easy Life” (que substitui o vulgar porta-luvas), esta série limitada integra como equipamento de série o ar condicionado automático, o sistema multimédia R-Link, os estofos em tecido TEP, o sistema de controlo da pressão dos pneus, o apoio de braço entre os bancos dianteiros, entre outros itens.

Motores poupados e eficientes

Ao nível das motorizações esta série especial incorpora as opções diesel e gasolina da restante gama: o Energy 1.5 dCi de 90 cv, com sistema Stop & Start, EGR de baixa pressão e gestão térmica, consumos de 3,8 l / 100 km (em ciclo misto) e emissões de CO2 de 99 g/km. Valores recorde no segmento, num bloco com 90 cavalos e com um binário de 220 Nm disponível a partir das 1.750 rpm.

Quanto ao Energy TCe 90, trata-se de um revolucionário motor a gasolina de três cilindros turbo, de 899 cm3 , também equipado com o sistema Stop & Start, que possui as mesmas performances de um bloco atmosférico de 1.4 litros. Com um turbo de baixa inércia, debita 90 cavalos e 135Nm de binário às 2.000 rpm. Números que impressionam, até pelo facto de 90% do binário estar disponível entre as 1.650 e as 5.000 rpm. Ou seja, a par de um elevado prazer de condução, o Captur Energy TCe 90, reivindica (também) consumos recorde de 5,2 l / 100km (ciclo misto) e emissões de CO2 de 120 g/km.

Quanto a preços, a série limitada Renault Captur Helly Hansen já está disponível na Rede de Concessionários a partir de 19.860€.

A exemplo da restante gama Renault, o Captur é abrangido pelos 5 anos de Garantia Renault.



Ler mais: http://jregiao-online.webnode.pt/products/novo-renaul-captur-pronto-para-entrar-na-moda/