Recuperação da muralha que protege piscina da Praia Grande quase concluída

Recuperação da muralha que protege piscina da Praia Grande quase concluída

Os trabalhos de reposição da muralha de protecção da piscina do Hotel Arribas, na Praia Grande, em Sintra, devem ficar concluídos nesta quarta-feira, revelou à agência Lusa o proprietário da unidade hoteleira do litoral.

"A piscina ficou mais vulnerável, devido à agitação marítima dos últimos meses, e tivemos de pegar em duas máquinas para repor as pedras afastadas para os lados", explicou Paulo Amorim.

O proprietário acrescentou que a força das ondas "começou a escavar" sob a estrutura do equipamento, obrigando "a injectar um camião de betão por baixo da piscina".

Paulo Amorim adiantou que a estrutura da piscina resistiu à forte agitação marítima devido à barreira de protecção e à manutenção do tanque com água. "Se a piscina estivesse vazia, não tinha conseguido resistir", admitiu.

A protecção à piscina de água salgada, com 100 metros de comprimento, é assegurada por blocos em betão de 60 toneladas cada um.

A barreira, formada por vários contentores metálicos cheios de pedras e material betuminoso de secagem rápida, foi instalada em 1989, após a destruição de parte do equipamento pelas ondas.

O mau tempo dos últimos meses afectou a casa das máquinas e os balneários da piscina. Os principais danos registaram-se a 6 de Janeiro, mas Paulo Amorim não tem ainda uma estimativa final dos prejuízos.

Fonte oficial da Capitania do Porto de Cascais confirmou que a Agência Portuguesa de Ambiente autorizou os trabalhos para "a reposição no sítio de pedras arrastadas pela agitação marítima".

O Hotel Arribas situa-se à entrada da Praia Grande, banhado pelo Atlântico. A unidade de 59 quartos, todos com vista sobre o mar, possui uma das maiores piscinas de água salgada da Europa, em funcionamento de Junho a Setembro.

A forte agitação marítima dos últimos três meses provocou estragos no equipamento urbano, estruturas de apoio e num estabelecimento na estrada da frente de mar da Praia Grande. As autoridades cortaram por diversas vezes o acesso rodoviário à praia como medida de segurança.