Realizador norte-americano Antonio Campos em destaque no festival Córtex, em Sintra

Realizador norte-americano Antonio Campos em destaque no festival Córtex, em Sintra

O realizador norte-americano Antonio Campos será o autor em destaque na terceira edição do Córtex - Festival de Curtas-Metragens de Sintra, hoje apresentado, e que começa no próximo dia 28.

Antonio Campos, de ascendência brasileira, estará em Sintra para uma "masterclass" e para mostrar, na sessão de abertura, alguns dos seus primeiros filmes, como "Puberty" (1997), curta-metragem feita aos 13 anos, e "Buy it now" (2005), premiada em Cannes.

A retrospectiva, dedicada apenas às curtas-metragens de Antonio Campos, incluirá também "The last 15" ou "My adventures in ladies under garments, 4th floor".

No total serão exibidos mais de vinte filmes, a maioria de produção portuguesa, alguma dela premiada e já apresentada em festivais internacionais.

Da competição portuguesa destacam-se "Rafa", de João Salaviza, Leão de Ouro em Berlim, "A viagem", de Simão Cayatte, "Os vivos também choram", de Basil da Cunha, "Manhã de santo António", de João Pedro Rodrigues, as animações "Kali, o pequeno vampiro", de Regina Pessoa, e "O cágado", de Luís da Matta Almeida, e os documentários "A comunidade", de Salomé Lamas, e "Nada Fazi", de Filipa Reis e João Miller Guerra.

A competição internacional apresenta sete produções, de França, Alemanha e Roménia, entre as quais "À Trois", de Vanessa Clément, "Blu", de Constantine Nicolae Tanase, e "Scylla", de Jean Charles Gaudin e Aurélien Poitrimoult.

O júri que atribuirá os prémios integra as atrizes Rita Blanco e Laura Soveral, a realizadora Teresa Villaverde e o crítico de cinema Vasco Câmara.

O Córtex, organizado pela Associação Cultural e Teatral Reflexo, decorrerá de 28 de Novembro a 02 de Dezembro, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.