Reabilitação urbana, escolas e espaços verdes pedidas no Orçamento Participativo de Cascais

Reabilitação urbana, escolas e espaços verdes pedidas no Orçamento Participativo de Cascais
Reabilitação urbana, equipamentos culturais, lúdicos e desportivos, melhores escolas e mais espaços verdes são a maioria dos pedidos feitos pelos munícipes de Cascais, no Orçamento Participativo, que têm um mês para votar nos 40 projetos finalistas.
 
De acordo com a Câmara de Cascais, de 19 de outubro até 22 de novembro, vão estar em votação os 40 projetos finalistas do Orçamento Participativo 2015, que incidem sobre 11 áreas diferentes.
 
Sete projetos estão relacionados com a requalificação urbana, outros seis pretendem a criação e reabilitação de equipamentos culturais, lúdicos e de desporto, cinco projetos referem-se a espaços escolares, o mesmo número relacionados com novos espaços verdes.
 
Do mesmo modo, foram apresentados projetos na área da ação social, segurança e proteção civil, bem como na requalificação da rede viária.
 
Os pedidos foram ainda alargados ao turismo, comércio e promoção económica, acessibilidades e proteção ambiental e, pela primeira vez, segundo a autarquia, vai a votos uma proposta imaterial, na área da inovação e conhecimento.
 
"Esta diversidade prova que os cidadãos de Cascais não só são esclarecidos, como estão também determinados a fazer a diferença nas suas comunidades", refere o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras.
 
Com um número recorde de 40 propostas, a concretização de cada projeto dependerá da votação, sendo que a autarquia, à semelhança das edições anteriores, disponibiliza uma verba total de 1,5 milhões de euros.
 
Em 2014, o Orçamento Participativo reuniu um total de 41.005 votos, tornando-se no mais votado de sempre em Portugal e, em termos proporcionais, o mais votado de toda a União Europeia, indica a Câmara de Cascais.
 
Nesta quinta edição, regressa a votação online, aliada aos votos por SMS, sendo que passa a ser obrigatório associar um código de votação a cada voto.
 
Desde 2011, o Orçamento Participativo de Cascais já permitiu concretizar 26 obras em diferentes áreas, estando cinco em curso e 13 em projeto.