PSP de Lisboa promove campanha para prevenir furtos por carteiristas

PSP de Lisboa promove campanha para prevenir furtos por carteiristas
O Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP iniciou na quinta-feira uma campanha que visa prevenir os furtos por carteiristas e cuja primeira fase se desenrola nas redes sociais, disse hoje à Lusa fonte daquela força de segurança.
 
"Desde ontem [quinta-feira] temos divulgado mensagens de alerta nas redes sociais, nomeadamente na página de Facebook do Cometlis, que tem cerca de 20 mil seguidores", disse o comissário Rui Costa, em declarações à Lusa, explicando que esta é "a primeira fase de uma campanha que será espaçada no tempo".
 
Nas redes sociais, o Cometlis partilha "imagens de comportamentos de risco e conselhos" sobre como evitar os furtos por carteiristas.
 
De acordo com Rui Costa, numa segunda fase as imagens serão distribuídas aos turistas, inseridas num folheto, em locais como o aeroporto, terminais de cruzeiros, a Baixa e Belém.
 
Além dos folhetos, a PSP pretende, em conjunto com parceiros, "fazer publicidade com cartazes em locais de risco", como o Metropolitano de Lisboa, os autocarros e elétricos da Carris e em zonas com grandes aglomerados de pessoas, como a Baixa e o Chiado.
 
Segundo a PSP, há dados que indicam que se verificou este ano "um pequeno aumento dos furtos por carteirista, considerando o aumento de turistas que se verificou".
 
No ano passado, a PSP fez 121 detenções em flagrante delito, mais 81 do que no ano anterior. Nos primeiros seis meses deste ano, a polícia fez 97 detenções de carteiristas, mais 55 do que no mesmo período de 2014.