PSD aposta em Neves para dar nova dinâmica a Almada

PSD aposta em Neves para dar nova dinâmica a Almada

António Neves, candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Almada, quer um município desenvolvido que proporcione um futuro “mais harmonioso, equilibrado e assente na criação de riqueza ao serviço de todos os cidadãos do concelho”.

Uma estratégia que aponta como primeiras três medidas a “redução para metade da derrama, a extinção da ECALMA e um programa de Apoio Social”. Para os social-democratas de Almada este conjunto de medidas irá contribuir para o “desenvolvimento económico e social das pessoas, das empresas e do território”.

O PSD levanta assim a ponta do véu do projecto liderado por António Neves que deverá ser apresentado, publicamente, na primeira quinzena de Abril.

Para os social-democratas o futuro do concelho passa por dar nova dinâmica ao tecido económico e social, sendo para isso fundamental reduzir em metade a derrama para empresas “com facturação acima de 150 mil euros” e, ao mesmo tempo, “manter a actual isenção para empresas com facturação menor que este valor”.

A par desta medida o programa protagonizado por António Neves define uma “política de licenciamento mais eficaz, acesso a terrenos, bem como a criação do Parque Empresarial e Tecnológico da Caparica”. Desta forma estarão “lançados os alicerces para existirem mais empresas criadoras de mais empregos”.

Para incrementar o Programa de Apoio Social, sobretudo na vertente de reintegração profissional para combater focos de exclusão, o candidato do PSD compromete-se a desenvolver, “de forma privilegiada”, o relacionamento com as instituições de solidariedade social.

Actualmente presidente da Junta de Freguesia da Costa da Caparica – eleito em quatro mandatos consecutivos – e ex-vereador do Turismo na Câmara de Almada, António Neves afirma-se como um candidato “próximo dos cidadãos e com ideias para desenvolver o concelho”.