PS de Oeiras propõe parcerias com o Governo para valorizar zona ribeirinha de Algés

PS de Oeiras propõe parcerias com o Governo para valorizar zona ribeirinha de Algés
O PS de Oeiras propôs à Câmara Municipal, liderada pelo independente Paulo Vistas, que estabeleça parcerias com a Administração do Porto de Lisboa e o Governo numa estratégia de valorização e dinamização da zona ribeirinha de Algés.
 
A proposta de recomendação, aprovada por unanimidade na segunda-feira em reunião de assembleia municipal, prevê que a zona ribeirinha de Algés se torne num "espaço qualificado de recreio, lazer e desporto acessível às pessoas".
 
Apontada pelos socialistas como uma das zonas mais valiosas e privilegiadas do território concelhio, a zona ribeirinha de Algés já é utilizada por desportistas, pelo Porto de Lisboa para a sua atividade, incluindo a exploração de uma doca seca, e ainda para eventos musicais, mas podia, no entender da estrutura partidária, “ser muito mais aproveitado se houvesse uma estratégia".
 
O PS de Oeiras adianta que a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, já demonstrou publicamente disponibilidade e vontade política para um maior envolvimento das autarquias na gestão das zonas ribeirinhas.
 
Neste sentido, refere o documento aprovado, "recomenda-se à Câmara Municipal de Oeiras que, apostando neste contexto político favorável, demonstre o necessário empenho na construção de uma parceria virtuosa com a Administração do Porto de Lisboa e com o Ministério do Mar”.
 
Para isso, a autarquia deverá apresentar “um conjunto articulado de propostas pelas quais se responsabilize, debatidas publicamente, que possam consubstanciar uma Estratégia de Valorização e Dinamização da Zona Ribeirinha de Algés".
 
Investir na qualificação dos espaços e em novas acessibilidades, concretizando o projeto de nova passagem no Dafundo, e potenciar as atividades associadas ao recreio, lazer e ao desporto, enquadradas também no plano das políticas de turismo, são medidas sugeridas pelo PS de Oeiras.