Preço médio nos hotéis atingiu o nível mais alto dos últimos oito anos

Preço médio nos hotéis atingiu o nível mais alto dos últimos oito anos
O preço médio por quarto disponível (RevPar) e o preço médio por quarto ocupado (ARR) na hotelaria em Portugal ultrapassaram em 2015 os valores históricos que tinham sido alcançados pela última vez em 2007, foi hoje divulgado.
   
Em 2015, segundo o AHP Tourism Monitor 2016, o RevPar atingiu os 48,73 euros e o ARR cifrou-se nos 74,70 euros, representando subidas de 13,5% e 9,15%, respetivamente, face ao ano anterior.
 
A presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Cristina Siza Vieira, referiu no seminário "Portugal na Europa: Balanço, Perspetivas e Tendências na Hotelaria", que se realizou na Feira Internacional de Turismo (BTL), em Lisboa, que "os dados atingidos refletem a crescente e sustentada importância do turismo para a economia nacional".
 
Em 2015, apenas nos hotéis, a taxa de ocupação por quarto (TO) aumentou 2,52 pontos percentuais para 65,46%, em relação ao ano anterior, situando-se quase ao nível de 2007 (67%).
 
Se se tiver em conta as estatísticas consolidadas do Turismo de Portugal - que têm como fonte os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) e incluem os estabelecimentos hoteleiros, aldeamentos, apartamentos turísticos e outros -- o RevPar situou-se nos 37,8 euros e a taxa de ocupação por cama fixou-se nos 48,6% ao longo do ano passado.
 
Em 2015, o peso das dormidas de estrangeiros alcançou os 70% e o das dormidas nacionais 30%, com as últimas a subirem somente 0,22 pontos percentuais.
 
Os três mercados internacionais mais importantes em termos de dormidas são o Reino Unido, Alemanha e a Espanha.