Praia urbana de Belém sem avançar por falta de patrocinadores

Praia urbana de Belém sem avançar por falta de patrocinadores
O projeto de construção de uma praia urbana no Terreiro das Missas, em Belém, está parado por falta de um patrocinador, disse à Lusa o presidente da Junta, Fernando Ribeiro Rosa.
 
O autarca explicou à Lusa que tiveram uma proposta de patrocínio em junho, que não chegou a concretizar-se, porque o patrocinador deixou de responder.
 
"Eu não desisto. O projeto da praia não está inviabilizado. Temos algumas propostas interessantes, mas agora só ver para crer", acrescentou.
 
De acordo com Fernando Ribeiro Rosa, mantém-se a ideia do projeto, de construção de uma praia urbana com areia, espreguiçadeiras, um ou dois repuxos e um bar móvel, com vista para o rio Tejo, para funcionar durante todo o ano.
 
O projeto seria para abrir este ano, tendo o autarca admitido em maio que poderia ser ainda durante o verão.
 
O objetivo é construir o espaço com patrocínios, sem depender das transferências de dinheiros públicos, e realizar alguns eventos que possam contribuir para financiar projetos de índole social da freguesia.
 
O espaço também deverá ser entregue a um concessionário.
 
O Terreiro das Missas é um espaço de cerca de 2.800 metros quadrados junto ao Tejo, ao lado da estação fluvial que permite as ligações à Trafaria e perto do novo Museu dos Coches.
 
O espaço serviu até há pouco tempo de parque de estacionamento clandestino para autocaravanas e recebeu recentemente eventos de empresas, mas encontra-se desaproveitado, com a calçada portuguesa levantada e algumas ervas rasteiras a denunciar o descuido.
 
O orçamento inicial para a renovação do espaço é de 50 mil euros.