Portugueses afastados do 'qualifying' do Portugal Open

Portugueses afastados do 'qualifying' do Portugal Open
A segunda ronda de qualificação para o quadro principal masculino deixou este domingo o “qualifying” do 25.º Portugal Open sem portugueses, com os quatro tenistas nacionais a serem eliminados por tenistas estrangeiros.
 
André Gaspar Murta foi o último dos resistentes a sair da qualificação das “bodas de prata” do Portugal Open, ao perder com o espanhol Daniel Gimeno-Traver, 104.º do mundo e segundo cabeça de série da qualificação, por 6-4 e 6-0.
 
Antes deles, já todos os outros representantes nacionais tinham sido afastados do principal torneio de ténis português, sendo o primeiro Frederico Gil, o vice-campeão de 2010, que foi derrotado pelo moldavo Radu Albot por 6-1, 3-6 e 7-6 (7-4).
 
O jovem Duarte Vale, de apenas 15 anos, foi eliminado pelo argentino Leonardo Mayer, número 86 do mundo e primeiro cabeça de série do “qualifying”, 6-3 e 6-1, enquanto Gonçalo Pereira foi afastado pelo belga Niels Desein, por 6-2 e 6-0.
 
A fase de qualificação termina na segunda-feira, dia que tem início o quadro principal, que decorre até domingo, no complexo do Jamor, em Oeiras.