“Portugal Sou Eu” nos mercados internacionais

“Portugal Sou Eu” nos mercados internacionais

O símbolo “Portugal Sou Eu” inicia esta semana um novo percurso nos mercados externos, com uma versão simplificada da sua assinatura, designada “exportação”.

Com este caminho pretende-se projetar internacionalmente a marca Portugal, indo ao encontro do interesse de muitas marcas/produtos qualificados pelo “Portugal Sou Eu” que desta forma podem beneficiar de um posicionamento interno e externo.

No âmbito de um acordo estabelecido entre o governo e a AICEP Portugal Global, E.P.E., Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, o símbolo “Portugal Sou Eu” passará a ser utilizado como identificação internacional do país, reforçando a promoção da imagem de Portugal nos mercados externos.

Desta forma, as empresas exportadoras que integrem o programa poderão beneficiar da visibilidade crescente da marca em certames e missões comerciais. Pretende-se que as marcas e empresas associadas ao “Portugal sou eu”, que representam a excelência da produção nacional, reforcem a sua competitividade nos mercados externos, contribuindo também para a promoção da imagem do país internacionalmente.

A versão do selo para mercados externos vai ser utilizada, pela primeira vez, como marca umbrella de um pavilhão português, na Prodexpo, uma das maiores feiras mundiais de alimentação, que decorre entre 10 e 14 de Fevereiro, no Expocentro de Moscovo, na Rússia.

Este primeiro lançamento da marca no mercado internacional acontece ao mesmo tempo que decorre a primeira grande campanha de notoriedade do “Portugal Sou Eu” no mercado interno, nos meios televisão, rádio, imprensa, mupies, autocarros, comboios, metro e online, entre outros.

Estruturada de forma a impactar empresas e consumidores, a campanha tem três grandes objetivos: captar aderentes para o projeto; sensibilizar o grande público para a escolha informada e para as vantagens sociais e económicas do consumo de produtos portugueses; dinamizar uma rede comercial mais competitiva entre empresas nacionais, contribuindo para a sua internacionalização.

Sobre o PORTUGAL SOU EU:

A iniciativa “Portugal Sou Eu” foi lançada em Dezembro de 2012 pelo Governo de Portugal  para melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento económico do país. Tem financiamento do programa Compete e é gerida por um órgão operacional, coordenado pelo IAPMEI e do qual também fazem parte a AEP, a AIP e a CAP.