Portugal Open: Rui Machado foi o único português a ganhar

Portugal Open: Rui Machado foi o único português a ganhar

Rui Machado, forçado a uma paragem de seis meses em 2012, devido a lesão, foi hoje a maior figura portuguesa no primeiro dia da 24.ª edição do Portugal Open, que perdeu outros três jogadores da “casa”.
Enquanto Rui Machado garantiu a sétima presença no quadro principal do torneio português, a primeira depois de passar pelo “qualifying”, Pedro Sousa e Maria João Koehler despediram-se logo à primeira.
O jovem João Domingues, que na véspera tinha vencido Frederico Gil, vice-campeão de 2010, ficou pela terceira e última ronda do torneio de qualificação, deixando o quadro principal de singulares masculinos reservado a dois portugueses: Rui Machado e Gastão Elias, que, tal como Pedro Sousa, recebeu um “wild card”.
Na última ronda do “qualifying”, Rui Machado, atualmente num modesto lugar 330 da hierarquia, bateu o holandês Thiemo de Bakker, número 87 do Mundo, em dois “sets”, pelos parciais de 7-5 e 6-2, em 1:15 horas.
No Portugal Open, Rui Machado, que já ocupou o 59.º lugar da hierarquia, em março de 2011, naquele que é o mais alto posto de sempre de um português, tem como melhor prestação a presença nos quartos-de-final de 2010, acabando por ser eliminado por Frederico Gil, que viria a sagrar-se vice-campeão nesse ano.
No encontro que assinalou a abertura oficial do 24.º Portugal Open, Maria João Koehler foi eliminada pela russa Elena Vesnina.
Pela sexta vez a disputar o torneio, a quinta no quadro principal, a número um portuguesa perdeu com a russa em dois “sets”, pelos parciais de 6-4 e 6-1, em 1:19 horas, deixando o quadro de singulares sem representantes nacionais.
A russa Svetlana Kuznetsova, vencedora de Roland Garros de 2009 e do US Open de 2004, e uma das cabeças de cartaz da edição de 2013, assinalou a estreia absoluta em Portugal com uma vitória.
Diante a norte-americana Varvara Lepchenko, a sexta mais cotada do quadro, a antiga número dois mundial (setembro de 2007) superiorizou-se em três “sets”, pelos parciais de 6-7 (2-7), 6-3 e 6-2.