Portal para médicos faculta dados clínicos dos utentes

Portal para médicos faculta dados clínicos dos utentes

A partir desta sexta-feira vai estar disponível um novo portal para os profissionais de saúde, que lhes permite aceder aos dados clínicos dos utentes, e a todos os passos que tenham dado no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A informação foi dada hoje pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), no final de uma reunião com o responsável pela Comissão para a Informatização Clínica (CIC).

Este serviço, que arranca inicialmente na Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) e se estenderá progressivamente às outras ARS, só será utilizado para os utentes que o autorizarem.

Com a designação de “Portal do Profissional”, este serviço permite a intercomunicação entre os sistemas de informação de cada uma das instituições de saúde do SNS e, assim, viabilizar a agregação e visualização da informação de saúde dos utentes registados que o vierem a autorizar, quando e onde for necessário.

O acesso a este informação é restrito e auditado, sendo que cada vez que um profissional consulta os dados do utente, esse ato fica registado num histórico de acessos.

Nesta fase, o Portal do Profissional permite consultar o histórico eletrónico das instituições do SNS por onde o utente tenha sido atendido, o seu histórico de receituário e dados associados a tratamentos em viaturas do INEM e tratamentos no âmbito do programa nacional de saúde oral.

À semelhança do Portal do Utente, disponível online desde 31 de maio, o Portal do Profissional integra-se na Plataforma de Dados de Saúde (PDS), um sistema central de registo e partilha de informação clínica desenvolvido pela Comissão para a Informatização Clínica e pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

Em funcionamento há um mês e meio, o Portal do Utente conta neste momento com mais de 500 mil inscritos, que podem, através desta plataforma, registar dados de saúde e contactar diretamente o seu centro de saúde ou unidade de saúde familiar, adianta a ACSS.

O Portal do Utente permite ainda o acesso a serviços online já existentes, como o eAgenda, serviço que possibilita a marcação de consultas de medicina geral e familiar e pedido de receituário crónico.

A PDS servirá como veículo para a participação de Portugal no projeto de interoperabilidade europeu epSOS, através do qual, a partir de 2013, será possível a um médico de outro país da União Europeia, autorizado para o devido efeito, consultar parte do sumário de dados de saúde português, se esse for o desejo do utente.

AL.