Políticos quase unânimes na escolha do Algarve como destino de férias

Políticos quase unânimes na escolha do Algarve como destino de férias
O sul, especialmente o Algarve, é a zona do país escolhida pela maioria dos líderes políticos para as férias, sendo o deputado do PAN o único a viajar para o estrangeiro, com China, Tibete e Nepal como destino.
 
Com a chegada do mês de agosto, são muitos os portugueses que gozam as suas férias e os políticos não são exceção, distribuindo-se o descanso de quem comanda os destinos do país de norte a sul, com maior incidência no Algarve, passando ainda pelo arquipélago dos Açores e por uma incursão internacional à China, Tibete e Nepal.
 
Apesar de estas serem as primeiras férias desde que foi eleito Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa não mudou os velhos hábitos e vai, como todos os anos, para o Algarve, em família, de 10 a 24 de agosto, segundo informação avançada por fonte oficial de Belém à agência Lusa. Antes, o primeiro-ministro, António Costa, descansará da azáfama do seu primeiro ano governativo apenas "uns dias na primeira semana de agosto" e ficará, de acordo com o seu gabinete, "com a família no sul de Portugal".
 
André Silva estreou-se em outubro como o primeiro - e único - deputado do PAN a chegar ao parlamento, mas no período de pausa dos trabalhos parlamentares ruma para bem longe da Assembleia da República nas primeiras três semanas de agosto
 
"Entre os desafios de aprendizagem constante das minhas novas funções enquanto representante único de um novo partido na Assembleia da República e as minhas funções internas na atividade de um movimento em crescimento e expansão, ainda não foi possível parar para balanço e descanso desde a preparação para as legislativas de outubro de 2015. Por isso este ano vou fazer uma viagem a uma região onde nunca estive, ao 'teto do mundo', o Tibete, passando antes pela China e fazer uma passagem final para o Nepal", explicou André Silva numa mensagem enviada à agência Lusa.
 
Se nas primeiras semanas o deputado do PAN terá a companhia da mulher "para ter um contacto profundo com a natureza, sobrevoar a mais alta cordilheira montanhosa do mundo, os Himalaias, e percorrer o planalto tibetano", na última semana André Silva viajará sozinho até ao Nepal, "num contexto mais espartano em contacto constante com a natureza para sossegar a velocidade supersónica habitual da mente".
 
O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, viajou da liderança do executivo para a oposição na sequência das últimas eleições e fará, segundo informação oficial, "férias este ano onde sempre fez, com a família, na Manta Rota, no Algarve, na primeira quinzena de agosto".
 
Também no Algarve estará a presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, no primeiro período de descanso desde que substituiu Paulo Portas na liderança dos centristas, tendo escolhido "a segunda e a terceira semana de agosto para ir para o Algarve, como sempre, com a família".
 
Já a coordenadora do BE, Catarina Martins, vai estar de férias em Portugal, no norte do país e nos Açores, com a família, na primeira quinzena de agosto.
 
O parceiro de geringonça, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, rumará "a sul, com a família, de fim de julho ao princípio de agosto".
 
A deputada do PEV Heloísa Apolónia também escolheu o mês de agosto para repousar dos trabalhos parlamentares e "triangulará entre Lisboa, Costa Alentejana e Algarve".