Polícia Marítima desaconselha banhos na praia de Carcavelos

Polícia Marítima desaconselha banhos na praia de Carcavelos

A Polícia Marítima levantou a interdição a banhos na praia de Carcavelos, Cascais, mas desaconselha a entrada no mar a pessoas “mais sensíveis” até haver resultados das análises à água, disse hoje à Lusa fonte daquela força.
 A praia de Carcavelos foi interditada a banhos na quarta-feira à tarde, depois de vários banhistas terem apresentado "queixas de prurido" após saírem do mar.
 A decisão de içar a bandeira vermelha foi tomada depois de terem sido contabilizadas mais de duas dezenas de queixas de banhistas.
 De acordo com a mesma fonte, a bandeira amarela foi içada ainda na quarta-feira e irá manter-se durante o dia de hoje, até chegarem os resultados preliminares às amostras de água recolhidas.
 Hoje, os banhos de mar “devem ser evitados pelas pessoas mais sensíveis, principalmente as crianças”.
 A Polícia Marítima conta que os resultados das análises à água sejam conhecidos ainda durante a manhã de hoje.
A Câmara de Cascais emitiu um comunicado quarta-feira, garantindo que está "a desenvolver todos os esforços para apurar a natureza de uma situação verdadeiramente anormal e imprevisível".
"A qualidade das águas balneares de todas as praias do concelho de Cascais, atestada por análises regulares e por entidades independentes, é excelente e a prova disso mesmo é que Cascais está entre os municípios nacionais com mais Bandeiras Azuis, uma distinção da Associação Bandeira Azul da Europa", refere o documento.
A autarquia apelou ainda aos munícipes para respeitarem as indicações dadas pelas autoridades.