Orçamento Participativo garante cobertura a campo de jogos da Escola de Carcavelos

Orçamento Participativo garante cobertura a campo de jogos da Escola de Carcavelos
Os alunos, cerca de uma centena, da Escola Básica Nª1 de Carcavelos já podem brincar ou praticar desporto ao ar livre em dias de chuva ou de vento. Hoje, 22 de fevereiro, foi inaugurada a cobertura do campo de jogos. 
 
A obra custou 62.890 euros e nasceu de uma proposta da Associação de Pais da escola para o Orçamento Participativo de 2015. Venceu com 1201 votos.
Logo pelas 9h00 os alunos das quatro turmas alinhavam-se para uma canção com letra alusiva ao inverno. Com a voz afinada e desenhos na mão, cantaram animados. 
 
Era uma manhã diferente. Iria ser inaugurada a cobertura do campo de jogos, o que permitia brincadeira, jogar futebol e outros desportos mesmo em dias de chuva ou vento. “Acho que superou a espetativas. Está uma obra muito boa e é muito agradável chegar aqui e ver as crianças usufruírem do espaço”, enaltece Mafalda Teixeira, presidente da Associação de Pais da EB1 de Carcavelos, que apresentou esta proposta no Orçamento Participativo de 2015. “Vai permitir que os alunos possam continuar a brincar em dias de chuva. Dantes teriam de ir para debaixo de telheiros”, adianta Mafalda Teixeira.
 
A maioria dos alunos que em 2015, quando a proposta foi apresentada, estudavam nesta escola estão já no ensino preparatório. “Este é um exemplo de cidadania”, realçou Carlos Carreiras numa conversa com os alunos durante a inauguração da estrutura. O presidente da Câmara de Cascais explicou aos mais pequenos qual o caminho de uma proposta para o Orçamento Participativo desde a ideia até à obra final. “Devem estar agradecidos a esses vossos colegas, que agora já não estão cá, pelo exemplo que deram de cidadania. Conseguiram esta cobertura para beneficiarem os alunos que viriam a seguir”. Carlos Carreiras adiantou que “um dos momentos de felicidade é que todos juntos foram capazes de formar uma equipa”.
 
Logo depois, os alunos seguiram alinhados para as salas de aula a contar os minutos para o intervalo.