Orçamento Participativo de Cascais já está em votação

Orçamento Participativo de Cascais já está em votação
A população de Cascais é, mais uma vez, chamada a votar no Orçamento Participativo. De 22 de outubro a 20 de novembro os cascalenses poderão demonstrar a força da cidadania ativa através do voto em 37 projetos apresentados pelos cidadãos destinados a melhorar a comunidade em nove áreas de competência.
 
Num ano em que voltou a ser batido o recorde de participações (1.119) nas sessões públicas onde foram apresentadas 84 propostas, o OP Cascais 2016 entra agora em fase de votação nos 37 projetos que passaram à final. Recorde-se que serão concretizados os projetos mais votados até um total de 1,5 milhões de euros, sendo que, por área, o teto orçamental é de 500.000 euros.
 
Com 12 projetos a área “Espaços Escolares” destaca-se uma vez mais, seguida da reabilitação urbana, da recuperação de equipamentos desportivos e da criação de espaços verdes. A arte e a cultura voltam a ter lugar neste desafio, onde não faltam igualmente propostas de intervenção nas áreas da Segurança e Proteção Civil e ainda de “Inovação e Conhecimento” (com dois projectos). 
 
Como votar? | Vai ser possível votar por SMS, enviando mensagem gratuita para o número 4343, ou online, no site www.cascaisparticipa.pt. Além de um n.º de telemóvel válido, será necessário um código disponível em diversos postos fixos do OP, a funcionar em superfícies comerciais de grande afluência, junto da exposição dedicada aos projetos no CascaiShopping, ou ainda no posto móvel OP e no Jornal C, publicação editada pela Câmara Municipal de Cascais (consultar locais e horários em www.cascaisparticipa.pt) Os munícipes podem votar a favor ou contra um projeto, usando o prefixo OP ou NOP, respetivamente. Cada número de telemóvel ou código de votação só pode ser utilizado uma única vez.
 
“Cascais tem dado provas de grande adesão a este processo”, recorda Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais. “Nos últimos cinco anos registámos um crescimento exponencial tornando-nos num caso de referência, não só a nível nacional, mas também junto de outros países, como Moçambique e Estados Unidos da América que querem aprender connosco!”
 
Este ano a responsabilidade será acrescida dado que Cascais acaba de assumir, juntamente com Valongo e Ponta Delgada, a presidência da Rede de Autarquias Participativas (RAP). “Em Portugal já somos 116 municípios a utilizar a ferramenta do Orçamento Participativo, mas só 53 integram a RAP. Um dos  primeiros objetivos é aumentar o número de membros e consolidar a rede assegurando a sua representação política”, acrescenta Carlos Carreiras.
 
Projetos a votação por freguesia:
 
Cascais-Estoril | 12
S. Domingos de Rana | 7
Carcavelos-Parede | 9
Alcabideche | 9
 
Número de Projetos/Áreas de competência/Investimento
 
12 | Espaços Escolares: 1.594.063,00€
 
6 | Reabilitação e Requalificação Urbana: 1.143.524,00€€
 
5 | Equipamentos Desportivos: 1.053.605,00€
 
4 | Espaços Verdes: 908.611,00€
 
3 | Segurança e Proteção Civil: 689.700,00€
 
3 | Rede Pública Viária: 509.715,00€
 
2 | Inovação e Conhecimento: 262.604,70€
 
1 | Ação Social: 53.900,00€
 
1 | Equipamentos Culturais e Lúdicos: 46.002,00€
 
37 Projetos a votação | 6.261.724,70€
 
 
OP em números 2011-2015
 
3.270 participantes em sessões públicas
 
891 propostas
 
160.740 votos
 
65 projetos
 
11.600 milhões (investimento)
 
40 obras concluídas, de 65 projetos vencedores