Operação da GNR fiscaliza uso do cinto de segurança

Operação da GNR fiscaliza uso do cinto de segurança

A Guarda Nacional Republicana (GNR) inicia hoje uma operação de fiscalização ao uso do cinto de segurança e de meios de retenção de crianças, iniciativa que vai abranger 3.154 inspeções, anunciou esta força de segurança.
A decorrer até domingo, a operação mobiliza 6.874 militares dos vários comandos territoriais e da Unidade de Trânsito e incide sobretudo nas vias onde as infrações por falta de uso de dispositivos de retenção de crianças são mais frequentes, nomeadamente nas localidades e nas proximidades de estabelecimentos de ensino, refere um comunicado da GNR.
Esta ação insere-se no plano definido pela European Police Network (TISPOL), o organismo que reúne todas as polícias de trânsito da Europa, e decorre em simultâneo nos 27 países que compõem a União Europeia (UE).
Desde o início do ano, a GNR já detetou 3.825 condutores que circulavam sem cinto de segurança e 103 crianças sem sistema de retenção.